Causas e consequências da dependência química

Versão para impressãoVersão para impressão

 

2-1 DEPENDÊNCIA:

- é o uso + problemas + (com) abuso + continuidade = gera a dependência, tornando uma doença incurável - progressiva - fatal - multifacetada
- é uma doença complexa, com causas e conseqüências de ordem bio/psico/social.

2-2 ESTATÍSTICAS

Legalmente os impostos arrecadados com bebidas alcoólicas é de 2,5% do PIB e os custos dos tratamentos de DQ é de 5,2% do PIB. Não existe estatística precisa dos custos dos acidentes e/ou intercorrências provocadas pela drogadição. Provável pré-disposição orgânica gerada pela hereditariedade; chance de 10% de a população ser dependente; chance de 52% dos gêmeos idênticos e de 27% dos gêmeos fraternos ser dependente.

3 CULTURALMENTE cercada de mitos e preconceitos

4 DROGADIÇÃO

4-1 uso e abuso (RACIONALIZAÇÃO):

- eu uso porque ela existe; porque tenho acesso fácil ou difícil, mas tenho; porque convidado a usar pela atração exercida pelos meios - familiar, comunicações [curiosidade]; cultural [pelo comportamento do grupo, os homens são sem dúvida mais unidos que as mulheres, portanto não vai deixar de usar a droga quando oferecida, para não demonstrar uma desfeita e correr o risco de ser isolado/ expulso do grupo] dados apresentados pelo Psiquiatra Gaiarsa.
- o abuso aparece na fase da dependência
- o abuso de droga altera a sua imagem, sem que o dependente perceba.

4-2 tolerância

- o nível de tolerância é a quantidade introduzida
- o gostar de um tipo de droga é por ter atributos [líquida/aroma/sabor/refrescante/cor/etc.]
- a tolerância da droga diminui na fase da dependência.

4-3 efeito

- efeito bifásico no uso do químico, na la fase estimula e/ou bem estar e na 2a fase deprime
- a droga e a ligação com o usuário poderá a tornar-se dependente de uma droga pela conseqüência do efeito que ela oferece - quero ficar muito maluco /down /alivio imediato, ou ainda ampliar e continuar o comportamento
- o efeito da droga depende: do usuário, quantidade/concentração, via de uso, as condições ambientais, a atividade exercida [velório, festa], etc.
No tocante a quantidade/concentração - álcool somente não é usado como anestésico, por ser grande a dosagem, podendo chegar ao coma alcoólico e passado o efeito à indisposição orgânica ser desagradável.O efeito da cocaína é apreendido pela quantidade utilizada, já a concentração de pureza é inteiramente questionável, possivelmente poderá levar o DQ a uma overdose.

4-4 síndrome de abstinência

Síndrome é o conjunto de sinais e sintomas. Abstinência é a falta/ausência/diminuição/parada. Sendo aguda e aparece em horas/dias. Sendo demorada/tardia e aparece após meses/anos. Obs. - o álcool/cocaína são hidrossolúvel [eliminada em horas e vestígios de 1 a 2 dias] e a maconha é lipossolúvel [a droga se deposita na gordura e demora de 10 a l5 dias a ser eliminada e por esse motivo a síndrome é muito severa e prolongada]. Dependência da droga na forma psicológica e na forma física é a síndrome de abstinência, que é um termo/frase de fácil entendimento popular Dependência psicológica é vista como obsessão, ocorre na mudança da emoção, os sinais/sintomas são:

-Emocional ansiedade [o DQ é o dobro ansioso que a média da população], alteração do humor [mudança brusca comportamento], agressividade, angústia, irritabilidade, tensão, desorientação no tempo e no espaço, paranóia [medo, perseguição, pânico], depressão primária [o DQ gera problemas iguais ao doente psiquiátrico depressivo], convulsões.
-Memória confusão mental, concentração, raciocínio, lapsos de memória, crise de identidade.
-Sono alterado [insônia ou sono pesado], sonhos aumentados [onde as angústias são resolvidas à fabricação de coisas boas e a esperança de acontecer], pesadelo [geralmente com a drogradição]
Dependência física é vista como compulsão, ocorre a mudança física, os sinais/sintomas são:
-sudorese [suor aumentado], cefaléia [dor de cabeça], dores musculares, câimbras, tremores, fadiga
oscilação pressão arterial [alta ou baixa], taquicardia [coração acelerado], febre, náuseas e vômitos, diarréia ou intestino preso, falta de apetite, alucinações/delírios.

4-5 benefícios x problemas

- no início do uso de droga tenho prazer [me deixa legal/solto] e/ou alívio imediato.
- ela traz benefícios, fornece ao homem o triângulo - o poder + o prestígio + sexo [como consigo fazer mais fácil as tarefas no trabalho e sou admirado pela minha competência]
- os problemas são sinalizados pelas perdas materiais/moral/legal e seqüelas psico/físicas.

5 PROGRESSÃO DAS FASES DA DOENÇA/DROGADIÇÃO

-Primeira - uso normal, tolerância normal, benefícios, problemas
-Segunda - uso médio, tolerância média, benefícios, problemas médios
-Terceira - abuso, tolerância alta, síndrome abstinência aparece, benefícios inexistentes, problemas grandes
-Quarta - uso menor, tolerância mínima, síndrome abstinência crônica e violentas, benefícios inexistentes, problemas gravíssimos/morte.

5-1 teste CAGE [sigla em inglês]

Para a avaliação da dependência, se respondido com três sim há indícios da doença.
C de cat = cortar, pergunta; precisou cortar a bebida, resposta: precisei
A de annoyed = perturbado/chateado, pergunta: quando fica perturbado, resposta: sim
G de guilty = culpado, pergunta; quando bebe sente culpada resposta: sim
E de eye = olho/ver no interior de si, pergunta: você tentou diminuir o uso, resposta: sim.

5-2 roteiro para compreensão da doença

-facilitadores - ambientes/pessoas que favorecem o uso
-aceitação de ajuda - o DQ pede ajuda objetiva ou subjetiva, ou é oferecida
-outras perdas/seqüelas - perda material/moral e as seqüelas são físicas
-afetividade - o relacionamento consigo [sentimentos] e com as pessoas/objetos
-progressão das fases da doença - esta na 3a ou na 4a fase
-mecanismos de defesas - o DQ se defende em quase todas as situações
-promessas e tentativas de parar - desconhecimento da doença e de apoio qualificado
-situações constrangedoras - cenas desagradáveis/moral atingida
-comportamentos irresponsáveis / insanidades - roubos, não assumir responsabilidades
-isolamento - cria situações de distanciamento pessoas/lugares, o ato de drogar-se
-alteração do humor - mudança brusca de comportamento.

5-3 causas e conseqüências da doença

Ocorre às modificações dos valores da sua vida através do avanço da doença.
Crise de identidade, não tem os seus valores de vida, na falta procura retorná-los encontra dificuldades, não consegue e volta a usar droga.
Valores é organização, confiança, pontualidade, diálogo, solidariedade, humildade, dignidade responsabilidade, dedicação, respeito, discernimento, disciplina [responsabilidade das minhas coisas, cumprir tarefas é começar e terminar, assumir compromisso por menor que seja] sinceridade/honestidade [se não estou sendo sincero/honesto comigo não vou ser com o outro] dificuldade é de não saber lidar com a complexidade da vida, ou seja, de lidar com os pontos.

5-4 DOR OU PROBLEMA + DROGA = ALIVIO IMEDIATO + DOR FUTURA

DQ usa droga para fugir do problema [dor], ou vice-versa, pessoa problemática usa droga.
Porque o que foi apreendido é se de que eu NÃO suportar a dor [problema], uso droga e tenho o alívio imediato, e esse é o processo de continuidade que gera a dependência química.

5-5 CULPA/VERGONHA pelo USO DA DROGA CULPA/VERGONHA coloco RESPONSABILIDADE pelo USO DA DROGA coloca TRATAMENTO

Na doença da dependência química não tem culpado, somente responsável, a culpa termina nela própria e a responsabilidade começam nela própria.
Família do DQ tem culpa/ vergonha e é o que altera a imagem social e psicológica.
Responsabilidade começa e remete ao compromisso no planejamento e no trabalho de uma vida nova para ser feliz, e não somente de parar com a droga e sim para ser feliz em todos os pontos da vida.
Responsabilidade da família e do dependente é pelo tratamento/recuperação da doença que é em:
- vontade de parar de sofrer;
- apoio qualificado;
- aceitação da doença e de mudanças [compromissos], pois sem mudança volta a usar droga.

5-6 tratamento e recuperação

DROGA = PODER + FRUSTRAÇÃO + RAIVA + DEPRESSÃO + AUTOPIEDADE É = + DROGA

12 PASSOS = EQUILÍBRIO = ACEITAÇÃO = SERENIDADE = CORAGEM = HUMILDADE

No primeiro tópico aparece o processo de causa/conseqüência da drogadição, no segundo tópico aparece o processo de tratamento/recuperação, que são sugeridos nos 12 passos de

AA/NA: - 1o passo -

eu não posso, eu não quero, rendição é ser honesto diante da droga/mau viver, aceitação [1o identificar as perdas e aceitar a lutar a partir do que sobrou, 2o identificar os mecanismos de defesa e 3o aceitação de que é uma doença incurável].

- 2o passo -

alguém pode, fé, acreditar no poder superior, melhorar auto estima, valorizar as pequenas mudanças, devolver a sanidade é devolver o domínio da vida. Insanidade - é a Inabilidade de dirigir os assuntos/desempenhar seus deveres sociais, e ainda não reconhecer a sua própria doença e o rastro de destruição deixado pela drogadição.

- 3o passo -

se eu deixar, preencher o vazio deixado pela drogadição com o poder superior, lidar com a ansiedade [o que eu vou fazer amanhã], lidar com o real [eu sou assim] e com irreal [que posso] lidar com as limitações [não ser mais que eu sou].

- 4o passo -

encontro de EU + EU, tirar os fatos desconfortantes, vejo valor de liberdade.

- 5o passo -

mostrar como eu sou para EU + OUTRO + DEUS, os sentimentos, mecanismos de defesa, medo do desconhecido, objetivo de trabalhar a honestidade, humildade, responsabilidades, identificar/reconhecer e ratificar os comportamentos doentios e perdas.

- 6o passo -

EU + DEUS. Estou pronto para efetuar as mudanças [sim a substituição/não ao adiar]

- 7o passo -

 

DEUS + EU. Implorar para efetuar as mudanças [não a infidelidade]. Identificar/reconhecer atitudes/ comportamentos conseqüentes dos defeitos/imperfeições e os decorrentes da drogadição.

- 8o passo -

autoconhecimento, realizar a lista das situações/nomes dos prejudicados e lembrar que os prejudicados de hoje serão os desestruturados de amanhã.

- 9o passo -

ato de perdão a outro. Não existe reparação sem justiça.

- 10o passo -

hoje me reparar. Se eu não colocar respeito/honestidade comigo, os outros vão agir igual a eu. Das situações tenho o lado positivo e negativo. A vontade dura 3 minutos, mas a fantasia aumenta e se droga [a vontade é de um poder superior]. A recaída emocional é pela manipulação.

- 11o passo-

realizar o 2o e 3o passos diariamente.

- 12o passo-

levar a mensagem doar-se, a gratidão, pois quando você chegou tudo estava pronto.

Comentários

No Avatar
Visitante (não verificado) on qui, 10/29/2009 - 18:45

Acho esse assunto complexo, ao mesmo tempo muito urgente. Milhares de pessoas em todo canto do mundo usam drogas!! O que levam, pq tanta destruição, tanto desamor a si próprio? è nescessário uma política rigorosa e pertinente para esse combate... nossos vizinhos, amigos, irmãos o mundo, tá afundando cada minuto cada segundo. O choro vem, as lágrimas rolam a luz se apaga...

No Avatar
Visitante (não verificado) on ter, 03/16/2010 - 13:51

Bom,  prazer sou uma adicta em recuperação, ja se vao se fazer quase um ano que estou limpa"só por hoje".

Sim milhares de pessoas estao usando drogas mas o que as levam a isto, são os tipos de pessoas as quais elas convivem sejam elas quais forem, locais , habitos tudo isso levam as pessoas ao uso, e na hora do uso leva a uma satisfação imediata, mas que com o tempo vão gerar as consequencias que sâo as perdas de: confiança de familia, de emprego, de casamento ou um namoro, de pessoas que te amam ou seja de tudo o que é importante para o ser humano.

Mas ai vem a noticia " boa " existe uma luz no fim do tunel, o individuo pode entrar em um  tratamento rigoroso junto a profissionais habilitados a trabalhar com estes aspectos esses adctos e mais o amor supera tudo a familia nessa hora e primordial eles devem andar juntos a cada passo que sao muitos e sempre repito sempre andar junto a Deus. É verdade sim que nao tem cura mas a uma estabilidade, podemos sim dar um ponto final " de dizer só por hoje nao quero, prefiro manter minha sobriedade"

Espero com este meu depoimento ajudar ao proximo, meu nome é Mariana e meu msn é mvmari23@hotmail.com

No Avatar
Visitante (não verificado) on sex, 04/23/2010 - 15:04

Parabéns, companheira pela sua força de vontade, eu tbem sou um adicto em recuperação e graças a um Deus Amoroso, N.A., Psiquiatra, terapia, família e muitos outros fatores estou limpo há 04 anos e 02 dias ! O que aprendi é que a recuperação é diária e para a vida inteira, só assim vou alcançar meus objetivos e metas nesta minha nova maneira de viver, ainda estou tomando medicação (Rivotril), o pior da síndrome da abstinência ficou no passado. Meus ultimos anos de adicção ativa foram um inferno eu não gosto nem de lembrar o quanto foi horrível ter que correr para Hospitais com a sensação de que eu ia morrer, qualquer dorzinha desde uma coceira na unha eu já pensava em sair correndo para o Pronto Socorro.......e o que me deixava muito intrigado é que quando eu estava no PS tomando soro com uma variedade de medicação (Plasil, sertralina, omeprazol, lexotan,etc...) eu ficava pensando em beber e usar drogas....se eu esqueçer de tudo isto que eu passei..... eu retorno para o inicio do fundo do meu poço....

Bons momentos !       

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 11/09/2009 - 12:11

  • Quero um documentário pra mim fazer um trabalho no colégio,como se eu tivesse feito sozinha!!

No Avatar
Daniel on seg, 11/09/2009 - 13:41

Provavelmente seu Mestre vai saber de onde saiu o trabalho...
Todo professor usa este site para consulta!


Se você acredita que ele (o professor) não está entre
os 715.156 + 2.389.917 de visitantes...

Procure conversar com profissionais que tem conhecimento sobre o assunto (médicos, psicologos)...

ou formar um grupo de colegas (para discutir o assunto), na escola, no bairro, na igreja ou até mesmo conversando com seus pais ou outros familiares...
Com certeza será de muito proveito.

 

 

 

No Avatar
Visitante (não verificado) on sex, 05/21/2010 - 18:39

Pq vc ñ coloca a cabeça prá funcionar em vez de querer algo feito por outra pessoa, se quer tudo mastigado pq então está estudando? prá burro ? ou quer ser um profssional de sem eira nem beira ?

tome tento vá estudar e procure por seus meritos fazer seu trabalho.

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 02/28/2010 - 21:52

Muitas das vezes aguns usuários se libertam das drogas, vem a ansiedade depressão ira odio raiva intolerãncia o que e como fazer diante de tantos sintomas, em alguns casos existe a resistência em relação aos remédios psquiátricos ai vem a famosa pergunta a onde ir falar com quem visitar quem ir a onde , certas clinicas mostraram tratamentos inadequados o interno durante o periúdo de internação não usa nada mas quando sai a fissura e ganacia se torna maior que antes o que fazer e como preparar tais pessoas a infrentar a vida real porque ela cobra e sem dó a família sem orientação não sabe se ajuda ou prejudica algumas com dificuldades financeiras mal conseguem se sustentar ver ente querido se definhar sem trabalho quieto ou se destruindo se pelo menos fossem morrer pra lá mas não enciste em ficar dentro de casa com a família e o pior a lei o protege dizendo que é doença  não sabemos quem sobre masi a familia ou o dependente falta uma luz quantas pessoas interessadas em ajudar mas pensando na renda que isso vai dar.

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 03/15/2010 - 15:47

DROGA NAO

 

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 03/17/2010 - 18:42

o coiisa mal feiita num , a gentee vaii fazer uma pesquiisa só encontra coiisa que tem nada ah ver se eu faço uma pesquisa  de o que éh droga e pra viim só o que éh drogaa naum um monte de coisa

 

 

  • POORR4

No Avatar
Daniel on sex, 03/19/2010 - 15:56

Caro colega,

 

Compreendo sua frustração por não encontrar o artigo/assunto que procura...

 

Na lateral direita de todas páginas (em: Buscar neste site) poderá fazer uma busca pelo assunto/artigo de seu interesse.

Por hora posso recomendar que visite outra página, também editada pela mesma entidade, referente ao mesmo assunto: "Tipos de drogas" http://www.casadiajau.org/guia/03_tipos_drogas.htm

 

Caso você encontre um artigo que acredite ser de interesse daqueles que visitam este site, me prontifico a publica-lo... basta enviar (mensagem/artigo) para falecom[@]casadia.org, ou você mesmo poderá publicar como um comentário. Apenas identifique o autor para que possamos dar os devidos créditos.

 

Quanto ao restante...

Escrever usando somente "negrito" ou "maiusculas" atrapalha a leitura e provavelmente seu comentário será ignorado pelos outros usuários, além é claro de ser uma demonstração de desrespeito aos outros visitantes dessa página.
SIM! O mundo está intolerante, não faça parte dessa parte... se é que você captou a mensagem.

 

Existem maneiras objetivas para usar um site de busca como Google, Yahoo e Bing.
Como você já demonstrou, algumas pessoas tem essa dificuldade, portanto em breve estarei publicando um pequeno guia descrevendo como usar corretamente um site de busca.

 

Apenas peço que use sua inteligência e educação... se assim for, seremos bons colegas

 

[]s

---------
daSilva

 

No Avatar
Visitante (não verificado) on ter, 04/06/2010 - 16:02

esciste tanto preconceitos com os adctos ate eu mesma era muito preconceituosa ate amar um adcto e ver que nao e falta de vergonha na cara e que realmente e uma doenca gravissima e que ambos sofremos muito afinal ninguem quer ficar igual um zumbi noites apos noite totalmente sem controle com medo de tudo e de todos um inferno que prazer e esse afinal?12

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 04/11/2010 - 11:00

começei a namorar um cara depois de 2 meses eu descubri que ele e um depedente de cocaina depois de uns meses ele começou a me dar uns apertos empuroes. Passou uns tempos ele me deu o primeiro tapa parecia que ele cheirava todos os dias ele me diz que nao cheira todos os dias mais eu sei que ele mente pois toda semana ele me batia uma vez ele me jogou da escada da casa dele naquele dia o meu mundo acabou. Eu fui procurar ajuda nas clinicas ate  que encontrei uma vaga mais dai no dia que eu consegui a vaga eu conversei com os pais dele a mae dele queria pois ela ja estava sofrendo muitoo mais o grande papaizinho querido dele nao aceitou dai eu aproveitou e nao foi dai tentei mais duas vezes e nao foi de novo. eu apaiano todo vezes que ele cheirava ele vinha me bater dai batia no pai e em mim e o pior e que o pai dele falava que ele batia nele por minha causa e que eu era uma vagabunda  que ele batia no pai porque eu era uma vagabunda. Eu sim me considero uma vagabunda pois pra aguentar tudo isso de um cara e ser chamada de vagabunda nao e facil nao. Eu fiquei com ele 1 ano e meio de namoro. Estes dias atras ele foi pro bar e cheirou tanto que foi pro hospital com overdose quase morreu so nao morreu porque ele nao durmir nesse dia quando pecebi que ele estava no bar logo peguei minhas roupas e fui pra casa da minha amiga e isso foi num sabado e eu so voltei na segunda de manha naquele dia ele me ligava direto pedindo munha visita no hospital mais eu nao fui pois eu nao quero mais nada com voce cansei de terminar e voltar agora nao quero mais eu fiquei com muita do dele mais nao fui pois pra ver se ele aprende um pouco que a a vida dele estava pra acabar se nao mudar-se. dai pra frente nunca mais fiquei com ele so que eu ele demais so que eue fiz de tudo pra ajudar ele nao quiz a minha ajuda fazer o que so que eu amo ele ele esta tomando remedio faixa preta ja fais um mes e meio que nos terminamos e ele diz que vai para so que estes dias eu acho que ele usou ? o que eue faço preciso de opinioes par mim por um fim nisso tudo eu quero saber se ele ainda pode para sem clinicas ou nao ha esqueci de falar que ele cheira ja fais 9 anos.....

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 05/19/2010 - 21:02

cuide de você e volte com ele caso você queira somente depois dele passar por tratamento médico qualificado.

No Avatar
Visitante (não verificado) on sab, 05/29/2010 - 13:01

Ele NÃO vai parar sozinho! Ele precisa de ajuda médica! Não coloque a sua vida em risco ao lado dele com todas essas agressões. Mesmo que vocÊ AME ELE, etenda que ele está doente e precisa se tratar. Só depois de um tratamento de qualidade ele vai poder se tornar uma pessoa melhor. CONITUO TE ALERTANDO: CUIDADO. Não volte agora. O ajude APENAS! Não negue a ajuda, mas NÃO volte. Felicidades para você!

No Avatar
Visitante (não verificado) on sex, 04/16/2010 - 07:38

Bom  dia, a alimentação auxilia na recuperação de várias não só em caso de dependência química, poderiam publicar algum artigo referente ao assunto, por favor, irá me ajudar muito!!!!

Fiquem na Paz!!!

Parabéns pelo trabalho!

Cristian

No Avatar
Visitante (não verificado) on sex, 04/16/2010 - 08:43
  • meu irmão estar amendrontando todos de dentro de casa  ERAMOS 7  POR CAUSA DELE NÃO RESTOU NINGUEM TENHO PENA DOS MEUS PAIZ ELE NAÕ DORME A NOITE FICA MACHANDO A NOITE TODA NÃO CONSEGUE FICAR DENTRO DE CASA OLHA TODO MUNDO COM CARA DE MAL CHEGA DAR MEDO TENTAMOS COLOCAR OREMEDIO ESCONDIDO NA COMIDA OU BEBIDA DELE MAS ELE JA ESTAR DESCONFIADO  NAO SABEMOS MAS O QUE FAZER POS NÃO QUER OUVIR FALAR EM HOSPITAL ELE FICOU 15 DIAS NUMA CLINICA EM RESENDES E FOI MUITO MALTRATADO  ELE É USUARIO TAMBÉM DO CRAKE E FOI TOMADO UMA PARTE DO CÉLEBRO DELE ELE TEM 21 ANOS E ESTAR COMO UM  DOENTE MENTAL ISSO ACONTECEU MUITO RAPIDO DEMOROU 1 MES PARA ELE FICAR DESSE JEITO

No Avatar
Visitante (não verificado) on ter, 06/15/2010 - 18:03

Tem que internar ele

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 04/21/2010 - 23:13

http://www.na.org.br/portal/

SO CONSEGUI QUANDO PEDI AJUDA QUANDO DEIXEI ALGUEM FAZER POR MIN AQUILO QUE SOZINHO NAO CONSEGUIA

MAS DIA MAS IMPORTANTE SO HOJE

SE INDIVIDUO NAO QUER E COMPLICADO MAS TEM SAIDA

SO POR HOJE SOU UM MILAGRE VIVO FUCIONA

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 04/21/2010 - 23:21

APOS POR PASSAR POR VARIAS INSTITUIÇOES , ONDE COMECEI ACEITAR QUE SOU DOENTE E IMPOTENTE PERANTE AS DROGRAS E ALCOOL E GRAÇAS A DEUS E OS DOZE PASSOS ESTA FUCIONANDO NA MINHA VIDA SEMPRE VOU AO GRUPO DE MUTUO AJUDA E FAÇO MINHA MANUTENÇAO E MEUS COMPANHEIROS TAMU JUNTO MAS BASTA QUERER ESTE E PRIMEIRO PASSO E VIVENCIAR O PROGRAMA FUCIONA SALVA MINHA VIDA E DE MILHARES DE PESSOAS NO MUNDO SO POR HOJE VIVO

No Avatar
Visitante (não verificado) on sex, 04/30/2010 - 12:20

Depois de ter passado por 2 internação, contenção e sofrimento, sou grato todos os dias por acordar e dormir limpo, a 8 meses e 15 dias que me encontro limpo e faço isso frequentemente.. N.A não me prometeu nada, mais me deu tudo que tenho hoje, liberdade, minha vida, a felicidade da minha família, emprego, serviço na irmandade e o prazer de hoje viver sem droga.! N.A só me disse que se eu praticar o programa o maximo que eu puder e em todas as areas da minha vida, ele me da mais um dia limpo.. Hoje é só isso que eu quero, ficar mais um dia limpo.. SÓ POR HOJE a droga não faiz mais parte da minha vida.. agraças a um Deus amoroso que não desistiu de mim.!

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 05/12/2010 - 16:22

SAUDAÇÕES

 

LI A MATÉRIA NO INTUITO DE MELHOR COMPREENSÃO DE COMO SE CHEGA AO DIAGNÓSTICO DE DEPENDENCIA QUÍMICA, OU TOXICOMANIA.

NA VERDADE O INTERESSE SERIA COMPREENDER, NUM EXAME DE DEPENDENCIA FORMULADO POR PSIQUIATRA QUAIS ELEMENTOS OU RESPOSTAS DO ENTREVISTADO/PACIENTE ENSEJAM DEDUÇÃO DE DEPENDENCIA, DADA A SUBJETIVIDADE HUMANA.

DESDE JÁ PARBENIZO OS RESPONSÁVEIS PELO SITE PELO RELEVANTE SERVIÇO PRESTADO À POPULAÇÃO.

ATENCIOSAMENTE,

 

DRA. HELENA COUTINHO

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 05/16/2010 - 15:06

agente tem que se prevenir nunca aceite nada de pessoas que vc nao conhece nunca use drogas pq no futuro irá se arrenpender e nao poderá voltar atrás!

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 05/17/2010 - 20:12

a pouco tempo venho usando o conhecido pó e uso de quantidade estrema + vim perceber que estava perdendo todos que eu amava e tudo que eu tinha hoje estou me recuperando e agradeço a deus e minha familia por esta do meu lado nos piores e melhores momentos da minha vida e uma coisa posso lhe garanti se vc estive força de vontade vc pode conseguir e inesplicavel ñ baixe sua cabeça pra nada siga enfrente muito obrigado a todos

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 05/19/2010 - 23:05

Bebi durante muitos anos, frequentava o AA e saia das reuniões procurava um bar em local ermo para beber , beber, só frequentava reuniões para dar satisfações á familia, o tempo passou bebia cada vez + perdi bons empregos, ( como poderia ir a uma entrevista tremendo e fedendo a alcool?)até que um dia fui posto p/ fora de casa, como um monte de lixo, passei a morar só,o sofrimento era intenso e só a bebida fazia esquecer os probls, acordava no meio da noite com caimbras em todo corpo, vomitos, diarréia, tremores , qdo ñ tinha alcool para ingerir bebia alcool de 90ª industrial misturado ao café durante a noite, fui humilhado, ou me humilhava até que um dia em um bar eram por volta de 9 da manhã já estava bebedo, um "amigo" de copo me disse q eu ñ tinha coragem p/ parar de beber,apostamos um tapa na cara se um de nós voltasse a beber, pedi um copo cheio até a boca, engoli, e disse este é o último. Fui p/ casa cambaleando ñ sabia o passo que havia dado, tremendo e tudo rodando, deitei, acordei a vontade veio.. ñ bebi ,foram dias de angustia entrei em depressão, dentes podres, barba de um palmo, sem credito, enfim sem nada.

"Hum Grande Amigo"(Edson Valle Macedo) médico me disse vou ti receitar anti-depressivo, e encaminhar para pericia medica no INSS, ñ beba + seu porra.,minha filha me colocou no carro e levou-me para a pericia, ao qual me foi dito q eu seria internado para tratamento., eu disse "NÃO", eu consigo, eu estava um trapo humano.,sofri e comi o pão q o diabo amassou, fiquei durante 1 ano tomando anti-depressivo pesado,( somente)me deram 4 meses de beneficio, foi minha salvação, já se passaram  + de 4 anos fora do alcool, mas hoje sigo os 10 passos do AA ao pé da letra, ñ condeno quem bebe pois eu passei por isto e sei o q é o sofrimento humilhação, degradação , perdas.minha familia ñ me aceitou de volta, mas uma coisa posso dizer de peito aberto Graças ao Poder superior Eu Venci uma luta , sou um Alcolatra em Recuperação,hoje eu falo, leio e escrevo em 3 idiomas voltei... estou assumindo o RH de uma Multinacional., ñ sou melhor q ninguem, aprendi com os próprios erros a me valorizar, chego em recepções ou outros lugares em que se serve bebidas qdo me oferecem., digo eu ñ bebo., hoje sou respeitado pela sociedade q um dia me crucificou me chamando de pau d"agua, cachaceiro, pudim de cachaça, etc..espero e peço à Deus q me dê forças p/ ñ + ingerir alcool,se fosse aqui relatar o q passei ñ teria espaço, Há me esqueci de dizer , o "amigo" q apostou comigo continou a beber,( eu ñ dei o tapa na cara dele, ou dei ? julguem se forem capazes), assim é assim será a vida de todo Ser Humano, somos todos iguais perante aquilo que ñ conhecemos.

Força de vontade  aceitação reconhecimento é o principio de tudo

Se preciso fosse diria ao mundo sem ter vergonha de dizer "SOU UM ALCOÓLATRA EM RECUPERAÇÃO" dai ?

Jorge Luiz Lima

Rio Novo-MG

 

No Avatar
Visitante (não verificado) on sex, 05/28/2010 - 21:50

Olá! Sou dependente químicoOl há três anos. Sei que é uma doença e, sei que é muito difícil parar!!!Quando consigo ficar um tempo sem usar, tenho sintomas de medo, depressão, angústia, ansiedade, palapitações, tremores nas mãos e, às vezes, sintomas de morte!!! Gostaria de saber se, além de um tratamento o que eu poderia fazer para controlar essa crise de abstinência?? Se há algum método, alguma alimentação, ou alguma medicação mais leve!! 

Se alguém tiver uma resposta, por favor, ME AJUDE!!! Quero voltar a viver!!! 

meu email é fulminante24@hotmail.com               ALAN (29 anos) - SP 28.05.2010    

Obrigado!

.

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 05/30/2010 - 17:30

alam eu me chamo cris eu tb sou dependente quimica de cocaina parei de usar uma semana sinto dores  musculares,tonturas  fraquesa fadigaçao falta de ar fui no medico a procura de um remedio que me aliviace o medico me passou dhesepan  melhora fico tranquila mais quando passa o efeito sinto os mesmo simtomas, eu fico pensando sera que essa sensaçao um dia vai passar da vomtade de usar mais e melhor para agora pq se eu continuar vai ficar pior a melhor soluçao e procura deus pois tb quando estou na igrea me alivia gostaria de saber se isso passa tenho medo de ficar viciada no remedio tb

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 05/31/2010 - 21:11

pelo amor de Deus não pare e se achar que o remédio está fraco ou forte procure o médico  Deus te ajude o principal é a força de vontade minha querida fika firme  e te garanto que o que sinto por não saber  onde anda meu marido  com quem e sabendo que está se drogando e tão doloroso quanto o sintoma da abstinencia então pense que vai passar e nem vc e nem os que te amam vão sofrer mais e que por tras da droga existe um mal que quer vc fuja dele p/ luz que é Jesus !

No Avatar
Visitante (não verificado) on sab, 06/19/2010 - 18:32

meu nome eh paulo, tenho 48 anos sou adicto  mais de 30 anos, aprendi que é uma doença cronica não tem cura, sempre vc. vai ter  a vontade de usar, procure associações de apoio, tipo  A.A     associação anti alcoololica do est. de sp.  entre outras, estou torcendo por vc.  aprendi que não somos culpados pela doença, mais somos responsaveis pela cura. desejo boa sorte, não desista da caminhada.

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 06/23/2010 - 01:51

AINDA SINTO ESSES SINTOMAS , MAS ESTOU LUTANDO,

NAO DESISTA AMIGA, É MELHOR SOFRER AGORA DO QUE MAIS TARDE

FICA FIRME, ESTOU INDO NA IGREJA MUNDIAL

JA FAZ UM MES QUE NAUM USO

MAS JA ESTOU BEM MELHOR , RESGATANDO MEUS VALORES

NAO DESISTA!!!!                           FICA COM DEUS   ALAN  23/06/2010

No Avatar
Visitante (não verificado) on ter, 06/01/2010 - 23:16

Procure ajuda de um médico homeopata, de um psicológo, de um acupunturista.COMA MUITAS FRUTAS ,VERDURAS, LEGUMES  DE PREFERÊNCIA ORGÃNICOS PARA FORTALECER SEU SISTEMA IMUNOLÓGICO E AJUDAR A FAZER UMA LIMPEZA NO SEU ORGANISMO

 Se fortaleça em DEUS. A vida nos foi dada por Deus com objetivos maiores. Viver não é curtição , é evolução do ser humano. O objetivo maior é diariamente nos tornarmos pessoas melhores. MUDANDO A CONSCIÊNCIA PARA QUE SE VIVE VOC~E SE FORTALECERÁ E COM CERTEZA A FORÇA EM VOC~E MESMO RESSURGIRÁ E SE LIVRARÁ DE TUDO  AQUILO QUE TE PREJUDICA. 

                     Confio na sua recuperação .

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 06/02/2010 - 20:44

Olá Alan,

Seu problema é grande e a solução depende de muitos fatores importantes. Só a vontade de parar não basta, infelizmente. Você precisa procurar um grupo, como o NA, por exemplo. Eles te orientarão a conseguir superar seu problema. Não desista de você e se leve a sério. Tente o NA. Espero que você tenha sucesso na sua luta, viu? Boa sorte e um abraço.

Veronica

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 06/21/2010 - 10:36

Olha amigo, procure um Psiquiatra e um Psicólogo, pois é o médico Psiquiatra quem vai passar medicações para vc não sentir esses sintomas e desintoxicar o seu organismo. Só vc tem o poder de parar, não deixe a droga te vencer, ela não é nada, enqunanto vc fica destruindo seu organismo, ao mesmo tempo fica enriquecendo esses traficantes, onde muitos não fumam apenas vendem para enriquecer as suas custas, destruindo famílias.

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 07/28/2010 - 01:50

TBM PASSO POR ESSE PROBLEMA, BUSCO FORÇAS PARA LUTAR. MEU FILHO E IRMÃO PASSAM POR ESSE PROBLEMA. MEU FILHO HÁ 7 MESES ESTÁ EM TRATAMENTO COM PSIQUIATRA E PSICOLOGO, E ESTÁ LIMPO DESDE ENTÃO. MEU IRMÃO INTERNADO EM UMA COMUNIDADE, HÁ PCO TEMPO, MAS ESTAMOS ESPERANÇOSOS QUE VENÇA O VICIO.

PORTANTO, PROCURE UMA AJUDA PSIQUIATRA E PSICOLOGICA, E LUTE COM TODA SUA FORÇA PARA VENCER! VC CONSEGUIRÁ. E LEMBRE-SE A INICITAIVA TEM QUE PARTIR DE VC, VC TEM QUE QUERER E LUTAR.

BOA SORTE QUE DEUS TE PROTEJA

No Avatar
Visitante (não verificado) on sab, 06/05/2010 - 11:26

Ola!

Estou namorando há 2 meses, meu namorado só me disse de sua dependencia a alguns dias...Quando me contou disse q havia parado a 8 meses, mais ele mentiu pra mim, to muito triste o amo muito, ele é uma pessoa maravilhosa. Mas tem alguns dias que teve recaidas, não sei muito como ajudá-lo, estou muito anciosa com fato dele está usando novamente, ele procurou ajuda num grupo de apoio mais tem faltado...

Estou confusa, com medo do que a droga pode causar a ele, pois ele se afasta de todo mundo qndo quer usar. Não sei ao certo q tipo ele usa, mas ele me disse que era Cocaina.

O que fazer? O amo d mais, gosataria de vê-lo recuperado.

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 06/07/2010 - 14:19

Boa tarde,

Primeiro passo seria uma boa conversa a qual ele venha poder confiar em você e ter essa liberdade em falar a verdade sempre. É necessário ele querer , tem que partir dele essa vontade de ficar sem as drogas, esse despertar, desejo de lutar tem que ser por amor próprio e jamais por alguém.

O seu apoio e da família dele é muito importante , isso ajuda e muito na recuperação do dependente químico.

Boa sorte e que Deus abençoe muito vocês.

Renato Augusto F.

Terapeuta em Dependência Química

Dúvidas entre em contato estou a disposição para ajudar.

Renato_funnes@hotmail.com

 

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 06/21/2010 - 15:26

Fique calma... Talvez seja melhor falar com os pais dele... Ou familiares. Colocá-lo numa clínica.. Ele tem de ver que isso é um problema !! Sabe de uma coisa... Leia o livro: Vida de Droga. Através dele eu conheci muito sobre o assunto... Talvez possa ajudar.

Beijos, espero que ele fique bem e você também.

No Avatar
Visitante (não verificado) on sab, 07/17/2010 - 00:36

Se você acredita em alguma força superior(Deus, alá, exu, buda e etc), se apegue nela, ore peça direção, se você realmente o ama, fique com ele, pergunte se ele quer sair desta vida se quer mudar, seja mais que namorada, seja amiga, seja alguém que ele sinta medo de perder, assim como você entrou neste site, leia mais sobre drogas para poder ajuda-lo, e se ajude também, pois agora você é uma co-dependente e vai precisar de muita fibra para que vocês possam vencer este mau. Espero que realmente vocês consigam sair desta....Deus abençoe.

 

Qualquer coisa me escrevam, também tive problemas com drogas....msn ou email....mahrcelinho@hotmail.com

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 06/07/2010 - 21:31

Meu avô materno parou de fumar quando eu nasci a 12 anos atás!!!!!!!!

No Avatar
Visitante (não verificado) on qui, 06/10/2010 - 12:46

DROGA,,,,,, ME TIROU TUDO,,,

DEUS,,, TUDO POSSO NAQUELE QUE ME FORTALECE,,,

EU - MUDAR A MINHA PROPRIA HISTORIA,,,

QUALIDADE DE VIDA,,, SABER VIVER,,,,,

VIVER LIMPO SO POR HOJE,,, ESTE SIM E O REMEDIO PRA UM DEPENDENTE QUIMICO EM RECUPERAÇÃO,,,

VINICIUS SOUZA - 28 ANOS - VCSUKARARAAI@HOTMAIL.COM -- MSN ,,,,

UM TESTEMUNHO DE VIDA EXTRAORDINARIO,,,,, TO MUITO BEM ATUALMENTE

12 PASSOS - - - PASSOS SEGUROS,,,

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 06/16/2010 - 14:05

Fumo haxixe ah mais de 4 anos e tenho 17 anos de idade, eu tenho a ideia de deixr ha muito tempo, mas nunca consigo apesar de que desta vez estou mesmo determinado a tal coisa mas não sei como o fazer :$ sei que mais tarde ou mais cedo não vou conseguir resistir e que volto ha mesma porcaria alguem pode me aconselhar? eu não entro num tratamento porque ninguem da minha familia sequer imagina, já chegarm a desconfiar devido ao excesso de dinheiro que gasto, mas do desconfiar ao saber é um longo caminho e eu não quero que isso aconteça nunca pois sei que os ia desiludir por isso quero me livrar disto e ter uma vida ciente. .

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 06/20/2010 - 09:14

Se voce usa haxixe a mais de 4 anos,provavelmente voce é ou foi usuarios de outras drogas, o que faz de voce um usuario de multiplas drogas e nesse caso voce precisa evitar todas as drogas, [pos uma leva a outra inclusive as bebidas alcoolicas] procure AA ou NA para ter melhores informações. obs: Alguns grupos tem reuniões durante o dia.

Sou o Rocha de Curitiba

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 06/20/2010 - 10:35

ola,gostaria muito de uma ajuda uso cocaina a alguns anos mas meu caso e assim,se eu uso hoje pego nojo e tento parar  fico cerca de dois meses sem usar,e depois volto a ter recaidas e uso novamente e pego nojo e acontece tudo isso que falei ja consegui ficar 5 meses sem usar,ja fui dependente em crack mas parei a mais de 4 anos,mas nao precisei de ajuda resolvi parar e pronto,mas com a cocaina nao consigo acredito eu que pelo fato desse tipo de droga ser mais facil usar,por que ela nao tem cheiro e em qualquer lugar poço usar,ja o crack tinha cheiro entao graças a deus fui obrigada a parar por vergonha da minha familia,gostaria de saber se existe algum mediacamento que poço tomar e a qual proficional devo procurar,agradeço desde já a atenção.

No Avatar
Visitante (não verificado) on sab, 07/17/2010 - 00:28

Amigo o que acontece é que vc fica muito tempo sem usar e acha que isto te da o direito de usar depois de algum tempo, dependencia de cocaína é psicológica, seu organismo não vicia em cocaina, está na sua cabeça, você só não parou de vez ainda porque não achou uma motivação pra isso, como você disse o crack deixava cheiro e te dava vergonha, e a cocaína?? não te deixa envergonhado os outros te verem parecendo um animal com os olhos arregalados não?? Use a inteligência que Deus te deu e larga essa porcaria....fica com Deus e força pra você.

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 06/20/2010 - 20:37

Tenho trinta e oito anos e as drogas (maconha e cocaína) fizeram parte de minha vida, desde minha adolescencia, em momentos esporádicos. Em algumas fazes usava com mais frequência. Em outras quase nada. Entretanto, há quase dois anos, percebi que não conseguia mais me controlar no uso da cocaína e procurei ajuda de um psiquiatra. Fui devidamente medicado e orientado a parar com o uso procurando a ajuda do NA. Entretanto, achando que só com o uso do medicamento conseguiria parar, acabei sendo internado numa clínica de recuperação para DQ. Apesar da importante colheita de informações sobre a doença, com meu respectivo reconhecimento da mesma, foi uma experiência muito traumática. Passei trinta dias internado, tendo relevante apoio familiar, sem consequências e problemas para "ficar limpo". Diferente da maioria dos outros internados com os quais convivi durante este período. Como disse, apesar de reconhecer minha doença, tive dificuldade em aceitar minha internação devido a maior gravidade dos outros internados, em relação ao meu problema. A difícil volta de convivência com a sociedade - até hoje - nunca mais voltou ao normal. Tentei a ajuda do NA, mas tive uma retração muito grande a forma adotada. Mais uma vez, achei que a doença dos outros era mais grave do que a minha e que o método adotado, parecia com o dos evangélicos (um padrão de atitude repetitivo e imposto sem reflexão, raciocínio). Resultado: após três meses da saída, tive minha primeira recaída. De lá pra cá, venho em vão, fracamente lutando para parar. Mantenho o acompanhamento psiquiátrico uma vez por mês e há alguns meses parei com o acompanhamento psicológico. Percebo claramente, minha lenta destruição física e psicológica. Ao término de cada uso, arrependo-me e, tento fazer uma reflexão do "por que" de estar fazendo isso comigo. Neste momento, também peço ajuda espirítual, reconhecendo minha fraqueza nesta luta. Porém, recuperado no dia seguinte, acabo por repetir essa mórbida rotina. Estou cada vez mais isolado da convivência social. Quando não estou no trabalho, ou estou em casa dormindo, ou em casa fazendo uso da maldita droga. Sem querer culpar ninguém, acredito que a superproteção que recebo de minha mãe, acabe por facilitar minha inércia por uma mudança de vida, bem como por assumir a responsabilidade pelos meus atos. Ainda sou completamente dependente dela: financeiramente e psicológicamente. E, pra piorar e aumentar minha irresponsabilidade, sou pai de um filho adolescente, o qual participou do drama de minha internação. Perdi meu pai (que suicidou-se) muito cedo, quando tinha seis anos. Não quero que meu filho também perca o pai dele. Essa é uma breve descrição do drama que estou vivendo. Estou completamente discrente de tudo. Sempre tive dificuldade em acreditar em mim. E hoje, esse pensamento tornou-se único. Tenho tido diversas oportunidades de todos os tipos de ajuda. Entretanto, não consigo colocar em prática o principal: minha determinação e força de vontade.   

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 06/27/2010 - 18:06

O principal passo é vc querer, segundo a sua mãe também precisa colaborar, você já é bem grandinho para ela estar assumindo às suas responsabilidades!! Você já procurou ajuda no Amor Exigente? No Amor Exigente eles irão te encaminhar se vc quiser é claro para uma comunidade terapêutica q  no meu ponto de vista o tratamento é mais eficaz do que em clínicas. Em clínicas você vai tratar uma droga com outra (remédio tb é droga) e em comunidades não tem medicação você fica 9 meses na grande maioria. O que vc espera do futuro do seu filho? Vc não terá moral pra cobrar nada dele. Basta querer que vc consegue!! FORÇA, FÉ E ALEGRIA!! Boa sorte!!

No Avatar
Visitante (não verificado) on sab, 07/10/2010 - 23:32

<!-- @page { margin: 2cm } P { margin-bottom: 0.21cm } -->

Em primeiro lugar, gostaria de agradecer pela resposta. Bem, apesar de ter consciência da realidade dos erros q venho praticando, bem como das atitudes q devo tomar em busca da liberdade, é bem difícil escutar (ler) essa realidade sob o prisma de outra pessoa. Principalmente quando se trata do meu filho. Não sei se você já passou por isso, se faz parte de algum grupo de ajuda ou é profissional da área psicológica? O q sei é q entrei nesta “roubada” e está muito difícil de sair! Não conheço esse grupo de ajuda e gostaria muito de poder procurá-lo. Entretanto, resido no interior do Rio de Janeiro e pela pesquisa q fiz no site, eles não possuem um grupo de apoio por aqui. Mas mesmo assim, foi muito bom receber palavras de apoio, principalmente as q justamente preciso readquirir e colocar em prática: “Basta querer que vc consegue!! FORÇA, FÉ E ALEGRIA!!”. Obrigado!

No Avatar
Visitante (não verificado) on qui, 07/29/2010 - 15:41

moro em seropédica rj e aqui tem um grupo de ajuda a dependentes quimicos.

tenho um amigo que se trata lá.

espero ter ajudado com a informação.

No Avatar
Visitante (não verificado) on sex, 08/20/2010 - 23:43

a vida é tão bela quando se sabe viver,vc tem uma mãe q te superprotege e muitos se drogam pq não tem uma mão com quem contar,em quem se apoiar,acredito q a proteção q a sua mãe te dá deveria ser a sua inspiração pra se libertar desse vício,saber o quanto ela te ama q tenta te proteger de todas as formas,mesmo q errando e achando que ta fazendo o certo.estou te dizendo isso caro amigo,pq minha mãe faz a mesma coisa com o meu irmão de 21 anos,passa noites acordada esperando ele chegar de mais uma rodada de drogas mesmo sabendo q ele so chegará pela manhã,ou muitas vezes nem chega e nem avisa.mesmo ela tendo um filho viciado que se destroi a cada dia ela o trata com todo amor e carinho,roupa limpa e passada,comida feita exatamente na hora,amor ,apoio,carinho em todo momento,mesmo estando fazendo o errado ela o faz pelo seu imenso amor de mão.então caro amigo o tratamento q sua mãe te dá nda mais é q prova de seu imenso amor e carinho por ti,esperança de que te tratando assim vc saia desse mundo tão sofrido.

não desista seja forte guerreiro,tenha fé em deus!

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 08/30/2010 - 22:39

Irmão, quando pensamos que não tem mais jeito, que tudo parece estar perdido é nesse

momento que Deus, através de seu filho Jesus, entra em açao e muda o quadro de nos-

sas vidas.  Tome uma atitude procure uma igreja evangélica (sugiro a Igreja Mundial  do

Poder de Deus) e entregue a sua vida ao Senhor e o mais ele fará.

 

Estarei orando por voce em nome de JESUS.

 

RENATO COSME DE ARAGÃO

Rio de Janeiro, RJ.

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 10/17/2010 - 18:22

Procure terapia ela pode te ajudar se quizeres. Posso até estar enganada, mas me parece que vce vem de um processo de racionalização quando  menospreza a gravidade do teu problema, talvez esteja na hora de reconhecer que vce é um DQ e que precisa de ajuda. Não seja onipotente e procure ajuda - não fique com tempo livre para pensar nela.... tudo depende de vc. E não esquece que precisamos tbm da ajuda de outras pessoas...

Na alankardec - nova york tem grupo de dependência química ...Droga

 

grande abraço.

Páginas

 

"Uma concepção errada que prevalece tanto na profissão médica como no público leigo é que o tratamento da dependência química invariavelmente fracassa.  ...já é ponto pacífico que o melhor tratamento é uma combinação de terapias medicamentosas e psicossociais, aplicadas as duas em doses otimizadas" Veja + em: Abstinência e dependência quimica....

Interdição Judicial

Interdição Judicial

A interdição (total ou parcial) é um processo judicial onde uma pessoa é declarada incapaz. É nomeado um curador que irá agir em nome do curatelado, o curador também se responsabilizará por TODOS OS ATOS do curatelado.

Para garantir que o curatelado não seja prejudicado um juiz deveria reavaliar, em intervalos de 2 a 4 anos, a permanência das circunstâncias que levaram à interdição. Continuar lendo...

Última enquete:

Quando existe uso abusivo de alcool ou outras drogas, Além do dependente, outros membros da família devem ser tratados?

Alcool & Drogas - Comentarios

Um site CSS: Visite o site CSS do Maujor


eXTReMe Tracker

Araraquara Comercial


Cafeína, distúrbios do sono e o desequilíbrio hormonal.
Cafeina e disturbios do sono

Thomas Edison inventou a lâmpada para que as pessoas pudessem trabalhar à noite, Continue lendo.




Nossa vida é como um quebra-cabeça enorme
Erros e acertos na vida

Não há erros.

Cada experiência que vivenciamos, quer você interprete como boa ou ruim, é parte desse quebra-cabeça e, Continue lendo.

tratamento-internacao-dependencia