Maconha

Abas primárias

Versão para impressãoVersão para impressão

A maconha é o nome dado aqui no Brasil a uma planta chamada cientificamente de Cannabis Sativa. Em outros países ela recebe diferentes nomes. Ela já era conhecida há pelo menos 5.000 anos, sendo utilizada quer para fins medicinais quer para "produzir risos". Talvez a primeira menção da maconha na nossa língua tenha sido um escrito de 1.548 onde está dito no português daquela época: "e já ouvi a muitas mulheres que, quando iam ver algum homem, para estar choquareiras e graciosas a tomavam". Até o início do presente século, a maconha era considerada em vários países, inclusive no Brasil, como um medicamento útil para vários males. Mas também era já utilizada para fins não médicos por pessoas desejosas de sentir "coisas diferentes", ou mesmo utilizavam-na abusivamente. Conseqüência deste abuso, e de um certo exagero sobre os seus efeitos maléficos, a planta foi proibida em praticamente todo mundo ocidental, nos últimos 50-60 anos.

Mas atualmente, graças às pesquisas recentes, a maconha (ou substâncias dela extraídas) é reconhecida como medicamento em pelo menos duas condições clínicas: reduz ou abole as náuseas e vômitos produzidos por medicamentos anticâncer e tem efeito benéfico em alguns casos de epilepsia (doença que se caracteriza por convulsões ou "ataques").

Entretanto, é bom lembrar que a maconha (ou as substâncias extraídas da planta) tem também efeitos indesejáveis que podem prejudicar uma pessoa.O THC (tetrahidrocanabinol) é uma substância química fabricada pela própria maconha, sendo o principal responsável pelos efeitos da planta. Assim, dependendo da quantidade de THC presente (o que pode variar de acordo com o solo, clima, estação do ano, época de colheita, tempo decorrido entre a colheita e o uso) a maconha pode ter potência diferente, isto é, produzir mais ou menos efeitos. Esta variação nos efeitos depende também da própria pessoa que fuma a planta: todos nós sabemos que há grande variação entre as pessoas; de fato, ninguém é igual a ninguém! Assim, a dose de maconha que é insuficiente para um pode produzir efeito nítido em outro e até uma forte intoxicação num terceiro.

Efeitos da Maconha:

Para bom entendimento é melhor dividir os efeitos que a maconha produz sobre o homem em físicos (ação sobre o próprio corpo ou partes dele) e psíquicos (ação sobre a mente). Esses efeitos físicos e psíquicos sofrerão mudanças de acordo com o tempo de uso que se considera, ou seja, os efeitos são agudos (isto é, quando decorre apenas por algumas horas após fumar) e crônicos (conseqüências que aparecem após o uso continuado por semanas, ou meses ou mesmo anos).

Físicos Crônicos

Os efeitos físicos crônicos da maconha já são de maior monta. De fato, com o continuar do uso, vários órgãos do nosso corpo são afetados. Os pulmões são um exemplo disso. Não é difícil imaginar como irão ficar estes órgãos quando passam a receber cronicamente uma fumaça que é muito irritante, dado ser proveniente de um vegetal que nem chega a ser tratado como é o tabaco comum. Esta irritação constante leva a problemas respiratórios (bronquites), aliás como ocorre também com o cigarro comum. M

as o pior é que a fumaça de maconha contêm alto teor de alcatrão (maior mesmo que na do cigarro comum) e nele existe uma substância chamada benzopireno, conhecido agente cancerígeno; ainda não está provado cientificamente que a pessoa que fuma maconha cronicamente está sujeita a contrair câncer dos pulmões com maior facilidade, mas os indícios em animais de laboratório de que assim pode ser são cada vez mais fortes.

Outro efeito físico adverso (indesejável) do uso crônico da maconha refere-se à testosterona. Esta é o hormônio masculino; como tal confere ao homem maior quantidade de músculos, a voz mais grossa, a barba, também é responsável pela fabricação de espermatozóides pelos testículos. Já existem muitas provas que a maconha diminui em até 50-60 % a quantidade de testosterona. Conseqüentemente o homem apresenta um número bem reduzido de espermatozóides no líquido espermático (medicamente esta diminuição chama-se oligospermia) o que leva a uma infertilidade. Ou seja, o homem terá mais dificuldade de gerar filhos. Este é um efeito que desaparece quando a pessoa deixa de fumar a planta.

É também importante dizer que o homem não fica impotente ou perde o desejo sexual; ele fica somente com uma esterilidade, isto é, fica incapacitado de engravidar sua companheira. Há ainda a considerar os efeitos psíquicos crônicos produzidos pela maconha.

Sabe-se que o uso continuado da maconha interfere com a capacidade de aprendizagem e memorização e pode induzir um estado de amotivação, isto é, não sentir vontade de fazer mais nada, pois tudo fica sem graça e importância. Este efeito crônico da maconha é chamado de síndrome amotivacional. Além disso a maconha pode levar algumas pessoas a um estado de dependência, isto é, elas passam a organizar sua vida de maneira a facilitar o uso de maconha, sendo que tudo o mais perde o seu real valor.

Finalmente, há provas científicas de que se a pessoa tem uma doença psíquica qualquer, mas que ainda não está evidente (a pessoa consegue "se controlar") ou a doença já apareceu, mas está controlada com medicamentos adequados, a maconha piora o quadro. Ou faz surgir à doença, isto é, a pessoa não consegue mais "se controlar" ou neutraliza o efeito do medicamento e a pessoa passa a apresentar de novo os sintomas da doença. Este fato tem sido descrito com freqüência na doença mental chamada esquizofrenia. Em um levantamento feito entre os estudantes do 1º e 2º graus das 10 maiores cidades do país, em 1997, 7,6% declararam que já haviam experimentado a maconha e 1,7% declararam fazer uso de pelo menos 6 vezes por mês.

Físicos Agudos

Os efeitos físicos agudos são muito poucos: os olhos ficam meio avermelhados (o que em linguagem médica chama-se hipermia das conjuntivas), a boca fica seca (e lá vai outra palavrinha médica antipática: xerostomia - é o nome difícil que o médico dá para boca seca) e o coração dispara, de 60-80 batimentos por minuto pode chegar a 120-140 ou até mesmo mais (é o que o médico chama de taquicardia).

Psíquicos Agudos

Os efeitos psíquicos agudos dependerão da qualidade da maconha fumada e da sensibilidade de quem fuma. Para uma parte das pessoas os efeitos são uma sensação de bem-estar acompanhada de calma e relaxamento, sentir-se menos fatigado, vontade de rir (hilaridade). Para outras pessoas os efeitos são mais para o lado desagradável: sentem angústia, ficam aturdidas, temerosas de perder o controle da cabeça, trêmulas, suando. É o que comumente chamam de "má viagem" ou "bode". Há ainda evidente perturbação na capacidade da pessoa em calcular tempo e espaço e um prejuízo na memória e atenção. Assim sob a ação da maconha a pessoa erra grosseiramente na discriminação do tempo tendo a sensação que se passaram horas quando na realidade foram alguns minutos; um túnel com 10 metros de comprimento pode parecer ter 50 ou 100 metros.

Quanto aos efeitos na memória eles se manifestam principalmente na chamada memória a curto prazo, ou seja, aquela que nos é importante por alguns instantes. Dois exemplos verídicos auxiliam a entender este efeito: uma telefonista de PABX em um hotel (que ouvia um dado número pelo fone e no instante seguinte fazia a ligação) quando sob ação da maconha não era mais capaz de lembrar-se do número que acabara de ouvir. O outro caso, um bancário que lia numa lista o número de um documento que tinha que retirar de um arquivo; quando sob ação da maconha já havia esquecido do número quando chegava em frente ao arquivo. Pessoas sob esses efeitos não conseguem, ou melhor, não deveriam executar tarefas que dependem da atenção, bom senso e discernimento, pois correm o risco de prejudicar outros e/ou a si próprio. Como exemplo disso: dirigir carro, operar máquinas potencialmente perigosas. Aumentando-se a dose e/ou dependendo da sensibilidade, os efeitos psíquicos agudos podem chegar até a alterações mais evidentes, com predominância de delírios e alucinações.

Delírio é uma manifestação mental pela qual a pessoa faz um juízo errado do que vê ou ouve; por exemplo, sob ação da maconha uma pessoa ouve a sirene de uma ambulância e julga que é a polícia que vem prendê-la; ou vê duas pessoas conversando e pensa que ambas estão falando mal ou mesmo tramando um atentado contra ela. Em ambos os casos, esta mania de perseguição (delírios persecutórios) pode levar ao pânico e, conseqüentemente, a atitudes perigosas ("fugir pela janela", agredir as pessoas conversando em "defesa" antecipada contra a agressão que julga estar sendo tramada). Já a alucinação é uma percepção sem objeto, isto é, a pessoa pode ouvir a sirene da polícia ou vê duas pessoas conversando quando não existe quer a sirene quer as pessoas. As alucinações podem também ter fundo agradável ou terrificante.

Drogas: 

Comentários

Parabéns pela matéria.

Tudo descrito, é pura e simplesmente verdade. É muito real. 

Quem já usou, sabe.

Todos deveriam ter consciência do mal que a droga faz.

EU FOI UM DOS CONSUMIDORES DESTE MAL O PIOR JA ESTAVA ME AFASTANDO DAS PESSOAS QUE EU AMAVA PELOS MEUS ACTOS ANTES ERA UM FILME DE ROMEU E JULIRTA E DEPOIS TORNOU UM TERROR NA MINHA VIDA . VAMOS TODOS GRITAR STOP DROGA

Meu namorado me disse que já usou maconha 3 vezes e que não usa mais , quero saber si tem essa possibilidade dele não usar mais mesmo ou ele ta falando isso com medo de me perder ? 

EU TENHO VARIOS AMIGOS MEUS QUE USA E FALA QUE DA MT BRISA QUE RELAXA O CORPO EU NAUM GOSTO DE MACONHA NEM DE DROGA SO QUE EU ACHO QUE DEVERIA SER LIBERADO

eu to aki nesse site fazendo um trabalho de escola...a maconha e uma droga muito perigosa tanto quanto o crack, cocaina,todas as drogas afetao o organismo da pessoa...transforma totalmente uma pessoa...

GENTE AKI HOO NUNK USEM DROGAS; ELA SO FAZ MAL A PESSOA...PODE TRASER PRASER NA HORA MAIS COM O TEMPO ACABA COM A PESSOA,ENVELHECE,FIK MAGRA...

DROGAS NAUM TA COM NDA GENTE.

Sou médico,  usuário da  canabis sativa há muito tempo e escrevo para ressaltar que alguns efeitos, acima descritos, são reais, mas não se falou de muitas coisas boas que a maconha traz, como ativar a capacidade reflexiva, as sensações auditivas, gustativas, dentre outras, também não foi explicitado o histórico de uso da substância, visto que não é tão prejudicial à saúde e foi proíbida por puro preconceito contra os escravos, que faziam uso.

Escrevo para expor toda minha indignação com o fato de ser proíbida no Brasil, que só é assim, por puro interesse de políticos que ganham muito com o narcotráfico. Países mais desenvolvidos como é o caso da Holanda, Espanha, Inglaterra já tem seu uso liberado, podendo o usuário plantar em casa e diminuindo o tráfico que é o grande vilão dessa história, e não a droga em si.

Vamos por nossos neurônios para funcionar e evoluir nas discussões com as substâncias psicoativas

É interssante como a pessoa que usa realmente acredita que fica "melhor" qdo usa maconha. Quem está de fora e pode perceber o engano de vocês sofre, mas não pode fazer nada. Espero nunca precisar dos seus serviços médicos...E se vc tiver um filho que use maconha poderá observar quem ele era e no que se tornou...Aí sim poderá tirar suas conclusões.

como o médico citou, tem coisas ali no estudo que estão certas, mas esqueceu de por as coisas boas do cannabis, e acho q muitas pessoas aqui estão falando do cannabis como se estivessem falando do Crack que é uma droga super destrutiva, e se todos tivessem um pouco de interesse para saber mais do assunto iria chegar a conclusão que o cannabis é muito menos prejudicial a saude do que o alcool e o cigarro, "DISPERTA BRASIL, LEGALIZE JÁ"

vc é um vagabundo ..porcaria.. fazer apologia ao uso de maconha..vc gostaria de ver  um filho seu viciado em maconha..safado..idiota...a merda de matança..violencia..começa com o uso dessa maldita droga e vai se prolongando pela vida afora..o usuário não quer saber mais de estudar..trabalhar...o nome disso já diz tudo : Drogaaaaaaaaaaaa

acho difícil um médico escrever tão mal... maconha não fez bem pro aprendizado. Além do quê, a discussão é um pouquinho mais profunda... apesar de tudo o que maconha pode causar (como câncer e, fumada, ENFIZEMA) isso ainda é o de menos. Mais importante é o fato de que ela costuma ser porta para outras drogas... Aki de cantinho, meu: melhorar a capacidade REFLEXIVA??? as pessoas humanas criaturas só fazem e pensam besteira qdo tão chapadas.... fala sério..!!

Primeiro,antes de criticar,por que você num vai aprender a escrever corretamente? E segundo,eu uso maconha desde os meus 14 anos de idade(atualmente eu tenho 21),ja cheguei a experimentar drogas mais pesadas(Cigarros,alcool e cocaina),mas sabe o legal? Depois que eu passei a usar maconha com mais frequência,eu parei de usar todas e qualquer outro tipo de droga,não sinto a menor vontade nem de beber álcool(Droga essa que mata milhares por ano,e inclusive é legalizada pelo governo de nosso país,e incentivada seu consumo em propagandas comercias que são exibidas diariamente),e relacionado ao que falam a respeito sobre afetar a capacidade de raciocínio,coloque alguém que acabou de fumar um "BECK" e alguém que acabou de beber uma garrafa de cerveja(ou mesmo contra alguém que esteja sóbrio),e veja quem se sai melhor em uma disputa de conhecimento,a resposta eu sei,mas deixo para vocês pensarem um pouco.

Falou e disse, também fumo desde os 14, mas só passei a fumar diariamente com 25, hj fumo diariamente, mas no momento não tem e nem fico com abstinência nada, fico sem fumar o tempo que bem entender, diferente do cigarro, a qual já se tem abstinencias notáveis, aliás, certa vez fiquei uma semana comendo só frutas, ea piór abstinência que ja senti foi de comida calórica, comida refinada mesmo, isso sim é droga e deveria ser proibido, mata milhoes no planeta, talvez mais que alcool e cigarro. Quem acha que maconha é droga ou quer ajudar alguem com alguma doença, assista o filme "run to the cure", tem no youtube legendado.

Um filho drogado torna-se um estranho violento...ri quando a mãe chora de desespero, agride com palavrões e fisicamente...exige, faz chantagens, não respeita os limites...a vontade é de abandona-lo, pois não há quem suporte este sangramento diário...A vida não faz sentido, pois essa luta não acaba....O filho não reconhece o esforço dos pais, ri deles, debocha, enfrente, ironiza o choro da mãe...torna-se um monstro...O físico muda....a magreza é de dar medo, a aparencia fica feia, não há mais qquer higiene pessoal...os objetos e roupas ficam jogados...não hyá qquer tipo de ajuda ou responsabilidade...Vivwer com alguém assim é morrer um pouco a cada dia, a ponto de pensarmos se viver assim vale a pena....minha vida não serve de nada, vivo nesse inferno, sem ajuda.

Sei bem o que você pass,mas reze e peça a Deus que cuide de seu filho, pq nesse mundo só ele pode ajudar.E ainda tente mostrar a ele a vida, o sofrimento de quem vive cada dia como se fosse o ultimo, mas somente quando ele estiver em plena consciencia, pois drogado você falando sempre será a "chata".

Certo mas esta errado por um detalhe, a maconha nao vicia no primeiro uso e nao tem experimento comprovando qe seu uso mata neuronios. é menos letal qe qalqer outra droga, é mais viciante qe cigarro. foi comprovado qe o cigarro tem qase o mesmo nivel de vicio qe o crack e é menos pior qe a cocaina pois a coca destroi o cerebro nao matando so os neuronios e sim a parede cerebral, mas nao é bom experimenta - la pois ela pode trazer depressao e muita fome apos seu uso(larica).

Isso pra mim não importa muito, pois não importa para quem quer consumir a droga.

As pessoas usuárias acham argumentos consistentes para fazerem uso de tais substâncias, sempre há uma "boa" justificativa.

Penso que todos devemos buscar educar nossos filhos de uma forma que eles não se deixem influenciar por seus "digníssimos" amigos que usam essas drogas. O conceito e o caráter devem vir da base.

O ser humano foge de sua essência quando usa a droga, perde a completude de sua consciência, a qual poderia levá-lo a ser melhor.

Quando eu penso em drogas, mais do que prazer eu vejo fuga. Fuga aos problemas, às inquietudes, a própria insegurança e ao temor que se sente do futuro.

A incerteza do futuro e a falta de confiança nele, causa esta necessidade de se recorrer ao fugaz, ao imediato. É o prazer pelo prazer, é uma felicidade falsa e temporária.

É quase uma preguiça de enfrentar nossos obstáculos da vida, sem lembrar que aprendemos muitos com nossas dificuldades, podemos nos tornar melhor com elas.

Eu não sou a favor do uso de nenhum tipo de droga, se possível nem os remédios - tão receitados por aí sem se falar em prevenções, em cuidar mesmo da saúde e não em apenas curar doenças.

Devemos buscar em nossa VIDA um querer para o futuro que nos permita pensar antes de agir, pensar com a consciência clara de que nossos passos de hoje devem estar de acordo com o que queremos colher amanhã.

Digo isto para os adultos que já têm uma certa responsabilidade consigo mesmo, e para estes mesmo adultos: saibam escolher seu futuro a longo prazo! E saibam indicar aos seus filhos, mesmo que ainda não os tenha, uma conduta de excessão, conduta esta que lhes permita não serem levados pela influência da rua e da curiosidade despertada por amigos que não tiveram a mesma oportunidade de aprenderem a pensar e escolher por si mesmos.

Pensem nisso.

CIENTISTAS DA UNIVERSIDADE DE OXFORD - INGLATERRA, JÁ COMPROVARAM EM SEUS ESTUDOS QUE O TABACO E O ALCOOL SÃO, DE VÁRIAS FORMAS, PIORES QUE A MACONHA. TANTO NA QUESTÃO DA DEPENDÊNCIA QUANTO EM CONSEQUÊNCIAS NO ORGANISMO.

_http://www.sidneyrezende.com/noticia/19642+o+que+e+pior+maconha+alcool+ou+tabaco

Eu gostaria de sabe mais de todos os tipos de drogas, por e3u ser uma voluntaria em um casa de depedetes quimicos, preciso estar enformada para lidar melhor com o problema. Fico grata se pode mim ajuda !   

Sendo voluntária, é importante ter empatia. Conseguir sentir (ou imaginar) a dor do outro,
Perceber aquilo que está nas entrelinhas, Ser um bom ouvinte,
Acredito que isso é suficiente para alguém que está disposto a ajudar o próximo.

Saber nomes de drogas, aparência, efeitos ou como se usa...
não terá valor prático para quem tem pouco contato com o dia-a-dia de uma instituição.

Mas...
Como sempre é bom saber e crescer... comece por

  • www.google.com.br/, que vai retornar bons resultados do Brasil, basta digitar o nome da substancia,
  • passe por http://pt.wikipedia.com,
  • faça uma longa pausa em www.erowid.org/ (super rico, com fotos, composição quimica, etc.),
  • parada obrigatória em www.drugabuse.gov/,
    visitando os hotsites como http://teens.drugabuse.gov/, etc.

 

Um bom trabalho é:
Psychotherapy and Counseling in the Treatment of Drug Abuse
Lisa Simon Onken, NIDA Research Monograph 104 1990

 

E sempre é bom ter um bom livro, para noites de insonia:

The A-Z Encyclopedia of Alcohol and Drug Abuse
Thomas Nordegren 2002. www.BrownWalker.com/books/nordegren.htm

Learning the Language of Addiction Counseling Second Edition
Geri Miller, John Wiley & Sons, Inc. 2005

Treating Alcohol and Drug Abuse An Evidence Based Review
M. Berglund, S. Thelander, E. Jonsson. 2003

Pathology of drug abuse
Steven B. Karch. 4th ed.

to aqui pesquisando por q eu era viciada de maconha, netao é sempre bom saber + um poquinho, tenho 23 anos, usava desde dos 13, vicida aos 15, tem dois meses que parei e cada dia uma luta, comecei diminuindo e agora parei d  vez, e uma dica para alguem q qr parar é abrir o coraçao para Deus. hj olho para tras e vejo uma vida q naum vivi, td pra mim tava bom se eu tivesse um basiado p fumar. parei d estudar me prostitui, me envolvi c traficantes, abandonei a famailia, naum sei nem por que naum morri... agora me mudei d estado(morava no RJ)

e agora to aqui começando minha vida, sem estudo, nunca trabalhei, tudo ta sendo bem dificil, mais grças a Deus to conseguindo, e com pessoas do bem me auxiliando, tomando alguns remedios para ansiedade, e tudo foi por  falta d conversa e atençao da familia, entao se vc é pai ou mãe nao deixe d conversar c seus filhos pq conselho é bom sim, e mostre a realidade da vida para seu filho, ou se vc qr parar de fumar procure Deus pq ele te ama e te perdoa pelo q seja. Sem deus é + dificil....

 

 

Estou aqui pesquisando porque sou casada a 6 anos e só aos 3 anos descobri que meu marido usa maconha, ele nega, mas eu o vejo no banheiro e sinto o cheiro, mas em fim, quero te parabenizar pelo seu esforço, e quero te dizer que continue firme , me emocionei de ver o seu depoimento. Força! e que Deus te abençosempre

legaliza brasil, que vira paraiso.
legaliza, qm quer 'se foder' como voces falam, se foda.
o alcool ta ai pra se beber tambem, não tá?

vc é maior tonto seu burro naum ta ai pra beber e sim para os donos das empresas de bebidas alcoolicas ganharem dinheiro com  isso deixando as pessoas cada vez mais víciadas

 

eu estou ficando com um garoto e ele me disse q consome maconha e eu ja sabia por outras pessoas e tal, mas mesmo assim eu fiquei assustada e não parei de ficaar com ele não. Mas eu falei pra ele q isso não faz beem e pedi pra ele parar com esso e tal. E ele me disse que não é viciado, só cosome pra ficar relaxadoo de vez enquando. Então eu pergunta tem como a pessoa não se viciar? E será que além da maconha ele pode chegar a pegar outras drogas mais fortes?

Tem como ela nao se viciar, mais na maioria dos casos eles usam continuamente, digo isso porque meu namorado usa a um tempo já, mais ele me nega, mais a minha amiga sempre me fala que ele é o que mais compra e etc, apesar de não dar para perceber muito. Sim, eles procuram as vezes uma droga mais forte devido as companhias,meu namorado usa farinha quando um amigo dele vem para a nossa cidade. Eu também preciso de uma ajuda para fazer ele parar, alguem me ajuda?

 

 

estou na mesma situação que vc ;;não sei mais o que fazer.me ajuda ...[

o que tem feito para ele te confessar ...por que o meu me nega ate o fim

Então é o q relatei, ele é um bom homem. Estávamos conversando sobre sua ausência, pelo pouco interesse que tinha por mim e ele simplismente me confessou, pois até então achava que ele tinha outras mulheres.

Por isso estou confusa, ele não me esconde essa realidade, mas tb não pede minha ajuda, já disse que não é capaz de largar as drogas. Fico de mãos atadas, não sei se o ajudo, se o deixo. Gosto muito dele. Oque vc acha??

 

Acho q vc deve tentar incutir coragem nele.Q ele não é capaz de superar sozinho, mas com ajuda, sim, e ele precisa de ajuda.A começar da sua.Vai buscar tratamento e se vc o ama mesmo, até o acompanhe até a porta na 1ª vez.Empurra ele para frente.Boa sorte a todos os q estão na mesma situação.

o efeito vai diminuindo

a pessoa tem que saber desenvolver meios "nao pilula" para relaxar, se concentrar e controlar a si mesmo. faz parte da vida.

quando diminuir o efeito é natural buscar novas "pilulas magicas" para resolve ros problemas.

o agravante é que cada vez o vicio é mais incontrolavel. e nunca se extingue um vicio real, sorte que a maconha é algo relativamente controlavel. se convive com ele.

usar maconha é algo de personalidade fraca muitas vezes e falta de controle sobre si mesmo, de nao conseguir relaxar sozinho,

nao saber ouvir musicas boas, nao saber meditar, nao saber ficar quieto e curtir as coisas em volta como paisagens sons natureza em volta..

mais estranho ainda é pessoas usarem maconha em situações já ideias pra relaxamento como praias, ferias, etc..

e se quer saber, o efeito é menor do que uma boa meditação. e ainda te deixa balão.

enfim..

ajude ele a parar mesmo.. ta de bobeira se convencendo que nao faz mal, no fim sabe que faz. e faz ra se fazer mal mesmo.

- as pessoas acham que nao mudam, pq nao se veem no longo prazo, vc sempre vai ser vc mesmo, idependente das mudanças, vc era vc qdo tinha 5 anos, e continua vc hj em dia. - isso nao significa que nao mudou. o memso acontece com a maconha, e qdo vc muda pra pior.

 

 

Caros,

Vejo muita gente criticando o uso da maconha pelo mal que ela faz. Sou usuário( não viciado) e discordo muito do que é falado. Muita gente fala que o uso da maconha por usuários é feito porque não se vive em bons ambiente, é estressado, etc. Acredito que todos que falam isso, é pq nunca experimentou. Eu sou uma pessoa muito feliz e bem sucedida. Uma coisa que temos que fazer é saber separar as coisas. Tem horas pro uso , e principalemente, tem horas para suas obrigações.

 Eu uso maconha somente com um objtivo: O Lazer. Como tem pessoas que bebem por lazer tem outras que fumam por lazer.

Também não tenho a mente fechada. Sei os males que essa droga faz. Mas sei que é muito menor do que se fala por ai. Sei também que tem pessoas que não podem fumar a maconha, pois ver nela  uma porta de entrada para o consumo de outras drogas.

Em relação a ouvir músicas boas, tenta escutar uma boa musica com o efeito da canabis. Vc vai ver que nunca apreciou de verdade uma boa musica.

 

Um abraço a todos.

 

ELE PODE DEIXÁ DE SER HOMEM. M,ANDA ELE PARÁ DE VEZ E TOMÁ CATUABA. KK

é colega tu acha que quem fuma droga não vicia, tantos meninos interessantes para ficar,vc vais ficar justamente com esse menino acorda minha colega sem falar que se ele se gamar em vc vai te perseguir o tempo todo ou quem sabe pode te levar para mesmo caminho...

maconha naum é droga e muito menos vicia!! a maconha faz bem pra saude!! ela naum atrapalha na vida social  das pessos!!  as pessoas que querem colocar a maconha na frente de tudo, do trabalho , da escola e etc.

as pessoas tem quem aprender  a associar as coisas!!

tem certeza que esta te fazendo bem? olha bem o que voce escreveu, vocabulario todo errado...

talvez seja hora de parar com a maconha.

realmente,

ele argumenta todo sem nexo, e no final conclui o oposto, flaando para associar a maconha.. quando pelo ponto de vista de maconheiro deveria querer que não houvesse associação..

bah !

 

alôôu, a maior parte das pessoas fala e escreve errado o português e nem todo mundo fuma maconha...!Naum em vez de não é um jeito estilístico de dizer.É que nem chamar maconha de brau, por que vem de brown, maconha.Esta aliás é uma delícia para espíritos ansiosos e estressados,mas há o risco de perder o controle.E aí como tudo, vem o lado negativo, bode, bad trip.E o pior é a sensação de estar preso.Aí, pode dar o maior trabalho pra sair.Já tive todos os tipos de relacionamento com o base, mas hoje está bem.Entretanto, tenho uma sobrinha que amo.Na hora de dizer, direi a ela para não tocar em drogas. Por que é perigoso.Vc pode não sair. 

Estas drogas leves são inofensivas, só se torna dependente quem não tem ou não quer saber das consequencias dos riscos. Eu fumo "charros" sempre que estou muito stressado ou se tenho uma festa ou assim. Sempre fui contra drogas pesadas e não mudei de opinião nem nunca exprimentei que não quisesse por livre vontade. Fiz a minha escolha. Tenho óptimas notas, 16,17, e 18's e fumo charros desde os 13 anos ocasionalmente. Faço imenso desporto e nunca senti problemas físicos ou psicologicos, continuei sempre o mesmo

Deus nos deu a vida e um corpo, amar e cuidar bem é o mesmo que respeitar a própria casa. Embora a maoria das pessoas não percebam isso a nossa evolução espiritual depende do bem estar do nosso corpo. Uma vida saudavel alimenta um espirito forte. Já sofri muito com a dor espiritual, para me confortar mergulhei no mais profundo fundo poço onde acreditava ser a minha realidade. A luz e as trevas caminham juntas assim como o corpo ea mente não enchergar e respeitar isso pode ser um erro fatal...

esse é desabafo de um ex-viciado de  cola , lança , masconha , mescalhado , exatase, farinha e todo o resto de porcaria que existe.

NÃO SABEIS VÓS QUE SOS TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO, QUE HABITA EM VÓS PREVENIEN TE DE DEUS, E QUE NÃO SOIS DE VOS MESMO?  l COR 6.19

 ENTÃO PORQUE NÃO RESPEITAR O QUE O CRIADOR TE DEU SAUDÁVEL?

NÃO É DE TODOS PORÉM VC QUE INICIANTE NESTA PRÁTICA, PENSE NISSO.

QUANTAS OUTRAS ONDAS BOAS PRA SURFAR;

CAIR NESSA;

 POCHA;77

 VC TEM UMA MENTE E TANTO, MAS QUE TOLICE. DEUS TEM ALGO MELHOR PRA VC.     

       A MACONHA CADA DIA MAIS ESTA FASENDO COM Q ADOLESCENTES S ATE MESMO CRIANÇAS SE VICIEM EM DROGAS ESTE E UM DOS PROBLEMAS AUSADOS AO DECORRER DOS ANOS O SER HUMANO ENTA A SE MESMO SE DESTRUINDO                                                                                                                                                                      

Seria bom que lê-se mais pois macônha não vicia só para começar e nem se cheira .

Não fique falando besteira por ai.

 

Que seja criada a Agencia da Cannabis do Brasil ano que vem.

Antes de sair criticando todo mundo, veja se os seus conceitos estão ultrapassados, pois não pode ser considerado contraventor nem maluco quem dá umas bolas de vez em quando. Fumar é um ato de liberdade até o momento em que te faz prisioneiro. Quero largar o fumo, mas antes vou deixar uma mensagem, que é: se você tem curiosidade, experimente, lembre-se que quanto mais você demorar nessta estrada, mais difícil será o caminho de volta. Fui.

kkkkkkkkkkkkk!!!!!vc presisa rever seu conseitos!!!a maconha nao e entrada para outras drogas NAO!!!vc so vai usar outrs drogas c vc quiser,eu fumo a anos e nunca usei outras drogas...kkkkkkkk!!!!c prepcupe em ajudar o proximo nao a julga lo!!!MACONHA e uma planta natural,fumo maconha odeio cigaros bebidas alcoolicas!!!sou psiquiatra e queria que foce lagalizado para poder reseitar ao meus pacientes...pode ter certeza c no lugar do alcool e do cigaro c fuma se  maconha o mundo seria muito melhor....NAO IMPORTA C VC E NEGRO C E BRANCO,C TEM OLHOS VERDES,AZUIS OU ESCUROS...O IMPORTANTE E VC TER DEUS NO CORACAO...PORQUE ELE NAO CRIA NADA EM VAO...POIS ELE VEM EM FORMA DE NATUREZA....BOB MARLEY..

Li os prós e os contras... tenho interesse em entender o porquê de tanta polêmica em torno do uso da MACONHA  e não de outras drogas, vejam bem... sou cristão, não por opção, mas por mentalidade, e uma das coisas que o cristianismo me ensinou é que, da mesma forma que deus se fez pequeno e frágil ao se encarnar e assumir a condição humana para salvação da própria humanidade, eu, como cristão, tenho o DEVER de me tornar frágil, no caso em questão,  como meus irmão perseguidos pelo uso da maconha e assumir a condição deles para compreendê-los melhor e encontrar uma saída para todos... Quando JC foi crucificado, quem não convivia com ele o tinha como criminoso e desobediente a Deus, portanto, não tenho interesse por críticas contrárias à minha decisão: vou procurar maconha e fuma-la agora... durante o tempo necessário para ser rotulado como dependente e me libertar do uso pela graça de DEUS em mim... então, é isso... depois dou meu testemunho... até mais ver  e rezem por mim!!!

Realmente os efeitos da maconha são prejudiciais. Porém quem é jovem e tem uma vida social ativa como eu sabe como fica fácil o acesso a essa droga. O segredo é evitar o pessoal que usa e não ir a lugares onde o consumo é corriqueiro. Apesar do que muitos falam, nem todos os jovens que saem para se divertir a noite precisam beber até cair ou fumar maconha, meu grupo de amigos sai todo fim de semana e somos muito controlados, evitando qualquer influencia malefica.

Sim muita coisa faz mal.

Aspirina é uma delas.

Gordura é outra.

Vitamina A em excesso faz mal.

Eu sou cristão e uso esporadicamente maconha. Aproveito de seus efeitos relaxantes e lúdicos, e a verdade é ela não VICIA. Ou melhor, ela vicia menos que chocolate. Tem alguem viciado em chocolate aqui? Eu sou. Outra verdade, a maconha não é porta de entrada para outras drogas. As mas companhias são. O cigarro é muito mais "porta" que a maconha. Alias a verdade é que os usuarios de maconha reprovam o uso de cocaina, crack e etc. Ou seja se voce fumar maconha com seus amigos "maconheiros" e então você começar a usar cocaina, eles vão se afastar de você.  Outra verdade.  Eu também bebo as vezes, Beber é bem pior que usar maconha. Um bebado pode matar pessoas, pode se matar, etc. O maconheiro é da paz.

MAS A MAIOR VERDADE. e aproveito agora para fazer uma auto critica

JESUS É O CAMINHO. NINGUEM PRECISA DE NENHUMA DROGA PARA SER FELIZ. SÓ ELE NOS COMPLETA.    

As vezes eu uso maconha, mas tento fazer o possivel para isso não interfirir no meu relacionamento com Cristo.

No meu ponto de vista a maconhã faz menos mal do que um cigarro e muuuuuuito menos mal do que um copo de cachaça.

O grande problema da maconha e de qualquer outra droga ilícita é o caminho percorrido até chegar às mãos do usuário. Imaginem uma plantação de maconha no interior do nordeste. O produtor corrompe a polícia.... corrompe famílias para que seus filhos menores de idade lhe prestem serviços, tais como ficar de olho na plantação... regar... colher etc. Durante o transporte até os grandes centros, mais policiais são corrompidos, e é aí que mora o problema... policiais que fazem vistas grossas a entorpecentes, farão vistas grossas a armamentos.... e uma dessas armas vai parar na mão de alguém que vai te roubar e te dar um tiro.

Não é regra.... mas acontece.

O problema da maconha não é tão simples assim... por trás da erva inofensiva existem centenas de ocorrências criminosas.

 

Por essa razão sou a favor da legalização da produção, comércio, transporte, cultivo e uso da maconha, desde que sejam criados ambientes específicos para tal fim, como ocorre em alguns lugares na europa, afinal, ninguém é obrigado a tolerar um consumidor fumando a seu lado.

 

Eu gosto de planta a minha própria maconha e fumo somente dentro da minha casa.

Não colaboro com crime organizado e não transgrido as leis.

 

é isso ae

 

abs a tds

Eu concordo com tudo isso q vc falo,tbm sou cristão! e fumo maconha tbm !

Mas fuma para relaxar fikar na paz e procuro fazer com q isso ñ atrapalhe meu relacionamento com cristo!!!!

SE VOCE APRENDEU QUE JESUS É O PÃO DA VIDA PORQUE SE DROGAR  É SO HIPOCRISIA DA SUA PARTE E ESTÁ FAZENDO-SE DE CRISTÃO PARA AGRADAR A TERCEIROS.

Você que se dizem tão espertos e ainda tem a coragem de falar que são cristãos, é deprimente pois estão tentando servir a dois senhores, e tenha certeza que Deus não está nesse negócio

Páginas