Formas de consumo da cocaína

Versão para impressãoVersão para impressão

 

Embora o termo "Crack" venha sendo veiculado há pouco mais de 15 anos, a história do consumo dos produtos da cocaína é bastante antiga. Relatos sobre o uso das folhas do Arbusto (Erythroxylon, natural da América do Sul, mais especificamente encontrado na região Amazônica) são encontrados em tribos peruanas 2000 anos antes do descobrimento de nosso continente. A folha mascada libera baixas doses de cocaína, substância ativa da planta, que promove todos os seus efeitos. O uso, porém, era controlado, associado exclusivamente aos propósitos religiosos, ocupacionais ou como prerrogativa da mais alta casta deste povo. Esta forma de uso se manteve até a civilização Inca, mesmo quando da chegada dos espanhóis, que logo verificaram suas propriedades de estímulo na exploração do ouro da Terra Nova. Contudo a tentativa de transporte da planta para a Europa, naquela época, destruía a substância ativa contida nas folhas, perdendo todos os seus efeitos estimulantes. Esta razão foi responsável pelo esquecimento da substância nas publicações européias dos séculos seguintes, até que na metade do século passado foi conseguida a extração da substância pura, a cocaína, em forma de pó.

A apresentação aspirada produzia um efeito muito maior do que o observado na mascagem das folhas, tornando-se coqueluche no final do século passado no Velho Continente – a primeira epidemia de consumo da coca. Ao mesmo tempo a medicina inventava um método novíssimo para administração de remédios, a injeção. Assim, as principais formas de consumo na virada do século eram intranasal e intravenosa.

Em seguida, porém, a sociedade foi obrigada a se confrontar com um imenso rol de complicações e conseqüências desastrosas do consumo de cocaína e em 1914 a cocaína passava a ser proibida tanto nas Américas como na Europa. A sociedade moderna tomava consciência, pela primeira vez, do potencial destrutivo desta droga.

De uma forma extremamente interessante, a proibição surtiu efeitos importantes, e o uso da cocaína praticamente desapareceu por pouco mais de meio século. A cocaína ressurge no início da década de 1970, e surpreendentemente, ganha a reputação de droga segura e "light", a "vitamina dos anos ‘90". O resultado disto foi a explosão do consumo na América do norte, atingindo seu pico em 1985 nos Estados Unidos da América e cinco anos mais tarde em nosso país. O Brasil passa a ser reconhecido como uma das principais vias de exportação da droga principalmente para a Europa.

Em meados da década passada a sociedade teve contato com o "crack". Denominado de "pedra" pelos usuários em nosso meio, é consumido por "via" fumada. A pedra unitária tem preço mais acessível, promovendo a impressão que o usuário economiza quando troca o consumo do pó pela pedra. Grande ilusão: a "pedra" tem quantidade mínima de substância ativa, muito menor do que o pó; seus efeitos, porém são mais pronunciados pela liberação da cocaína diretamente na corrente sangüínea através dos pulmões. Reputado como "uma nova droga" o crack não passa de um novo método de consumo de uma droga muito antiga. Próximo às áreas de produção, entretanto, uma outra forma de fumar a cocaína, há muito era utilizada: a pasta-base. Esta é uma mistura das folhas com solventes químicos, que apresenta enorme toxicidade (40% de impurezas). Uma outra forma de fumar a cocaína é conhecida em várias regiões do Brasil com o nome de Méla ou Merla. Esta é mais tóxica ainda que a pasta base, sendo que as complicações médicas são ainda mais precoces no curso do uso da cocaína. Outra forma ainda que o organismo absorve a cocaína é através de mucosas. As complicações médicas deste consumo são imprevisíveis e freqüentemente letais.

No processo de produção da droga, éter, acetona, querosene, ácido sulfúrico, ácido clorídrico, amoníaco são usados, contribuindo para a toxicidade da droga. Outras substâncias igualmente tóxicas (gasolina, talco, etc.) freqüentemente são acrescidas à cocaína já produzida, com a finalidade de aumentar o lucro do tráfico. Mudam os processos de produção, as vias de utilização e os produtos finais, porém em comum a todas encontramos a mesma substância ativa: a cocaína.

Também em comum às diversas formas de consumo temos a Dependência, o uso compulsivo, as complicações em várias áreas de funcionamento do consumidor (família, saúde, ocupação, entre outras), o imenso custo social e de saúde (estimado em até 300 bilhões de dólares norte-americanos por ano, apenas nos EUA), a criminalidade e enfim, a morte.

Utilizaremos, nesta publicação o termo cocaína abrangendo todas as formas de consumo citadas acima, não exclusivamente ao consumo do pó. Vale ressaltar que muitos usuários relatam mais de uma via de administração da droga, freqüentemente citada como: "a que estiver disponível, consumimos". Acrescentaremos, sempre que necessário, as características que diferem as formas nos tópicos abordados.

Comentários

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 06/13/2010 - 12:20

Valeu gente pelo site muito bom!Eu estou fazendo um trabalho de biologia que aborda esse assunto...é bem eu não gostaria de tratar desse assunto,a nossa realidade hoje em dia é um tanto complicada e se as drogas não existissem não teriamos tantos problemas assim né! Enfim valeu de novo e parabéns!

Tchaaaau!

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 06/30/2010 - 14:27

OLHA EU SEI QUE NAO E CERTO MAS DE VEZ EM QUANDO EU USO

PRETENDO PARAR SEI QUE NAO VAI SER FACIL MAS TENHO CERTEZA QUE CONSIGO

NAO SOU VICIADA NEM NOIA NAO ME JUGUEM POR FAVOR AGRADEÇO DES DE JA

 

  •                                         BEIJOS

 

 

No Avatar
Visitante (não verificado) on sex, 08/13/2010 - 20:03

pare já antes que voce se afogue em uma  fossa, droga é caminho sem volta para avida, aliás celebre a vida e não acelere sua morte e de sua família,

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 09/06/2010 - 20:19

EU TAMBEM COMECEI ASSIM,ACHAVA QUE PODIA PARAR QUANDO QUISESSE,QUE EU DOMINAVA E NÃO ERA DOMINADO.COMECEI TOMANDO BOLA PASSEI PRA MACONHA,AI 

UM"GRANDE AMIGO ME CHAMOU PARA ESPERIMENTAR UMAS PEDRINHAS QUE ERA O MAIOR BARATO(CRACK).PERDI QUASE 3 ANOS DA MINHA VIDA,FOI AI QUE DEUS ME ACORDOU PARA A VIDA,NÃO SEI COMO MAS CONSEGUI ME APARTAR DISSO TUDO.

QUANTO ANTES VOCE PROCURAR AJUDA,MAIS FACIL VAI SER ACORDAR PARA A VIDA,QUE POR SINAL E MUITO LINDA.

 

PT;FORTE ABRAÇO,EMUITA FORÇA NESTE CAMINHO DE VOLTA!

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 09/15/2010 - 11:34

tambem  sou uzuario dessa mesda chamada cocaina

ja uso a 2 anos mas eu trabalho nao sou noia mas o dinheiro do meu emprego so da pra 

essa mesda todo mundo da familia sabe isso é muito tenso.......

me juguem tambem por favor

 

No Avatar
Visitante (não verificado) on qui, 08/19/2010 - 10:55

tenho um irmao q ta usando cocaina, e ele tem um filho de 5 meses ,nao tem emprego so vive do dinheiro da minha mae e familia, ninguem sabe so eu, eu quero q ele sai, antes q ele venha chega no crack ou pior nem conhece o crack

No Avatar
Visitante (não verificado) on ter, 09/21/2010 - 14:11

nao lige pare para droga

 

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 09/01/2010 - 23:59

Tenho um irmão drogado,começou com a maconha e depois foi pro chaine e agora ta cocaina rouba dinheiro meu e do outro irmao meu nao sei que faço com esse irmão drogado ele não quer se enternar.Minha mãe colocou pra fora de casa..Só digo nunca se ilude com as  drogas,drogas jamais... 

 

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 09/05/2010 - 22:26

a todos que vive a mesma tristeza que eu vamos jutos tentar combater esse mau .sofro muito o meu marido e dependente quimico a cocaina e a cada dia fica mais dificil estar ao lado dele ; sou forte e tenho muita vontade de ajuda-lo  confeço que o fardo esta muito pesado tem horas que da vontade de desisti .vomos nos juntar tentar de alguma forma amenizar essa grande dor que carregamos se estiver com vontade de conversar e batermos um papo eu adoraria pois me sinto muito sozinha e quero encontar pessoas com esse mesma triteza que eu  e escreva peresveronica@ymail.com

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 09/08/2010 - 02:54

eu acabeide fraquejar denovo mais ja pedi ajuda e decidi ser radical nao quero mais usar e isso nao vai me dominar acredito em Deus e na força de vonta de da minha esposa e vou vencer apartir de hoje amem

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 09/08/2010 - 20:46

eu conheço varias pessoas que usan ou venden drogas..

mais eu numca que quero entra nesse caminho0 pois o nome ja diz tudo DROGAA...

dizen q o crack é o pior, pois prá mim tds são pior dez do começo até o fim..

lhe dou um conselho0 nunca entre nesse caminho0 pois entra é muito faço, o dificio0 é SAIR..

         bejo0sss....

                 by: trinity.

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 09/08/2010 - 21:08

nao sei mais o q faço, sou casada a 7 anos, e sempre soube q meu marido era usuario,mesmo ele usando , ele trabalha, estuda e diz q faz isso a 15 anos e nao ve nenhuma alteraçao na sua vida.gostaria de ajuda_lo, mais : de que forma? eu nunca usei nenhum tipo de droga e tomo remedio para depressao e sindrome do panico. e dificil fazer alguem abandonar o vicio qdo se e uma coisa prazerosa.amei os comentarios ........ ate mais

No Avatar
Visitante (não verificado) on sab, 09/18/2010 - 13:52

eu ja fumei maconha e uma coisa que te deixa alucinado e pesssimo vc não matem sua verdadeira identidade

No Avatar
Visitante (não verificado) on sab, 09/18/2010 - 22:57

Oi  gente sou  uma MOÇA DE 23 ANOS,Já fumei  maconha algumas vezes,e usei cocaína tbm,porém, menos vezes,minha familia nem sonha que já fiz isso,mas não uso com freqüência,tenho  um pouco de medo por que sou um pouco deprimida,mas tenho controle não pretendo continuar a fazer isso. 

No Avatar
Visitante (não verificado) on sab, 10/16/2010 - 10:34

Olá sou um rapaz, tenho 34 anos, casado, tinha este mesmo pensamento que você, achava que dominava, mais na verdade estava sendo dominado, e com isto já se pasarão cinco anos, e já perdi muita coisa, cuidado abra os seus olhos, pare enquanto a tempo.

No Avatar
sjfoliveira@hot... (não verificado) on dom, 02/27/2011 - 23:18

Pare agora você não tem nem um controle em relação a isso, eu já passei por isso, se você usar 2 vezes acabou, você não tem mais controle, sai agora quanto você usa pouco, saia agora ou ira sofrer seu sei, eu te juro que eu sei porque eu estou te falando isso

No Avatar
Visitante (não verificado) on sex, 10/08/2010 - 00:47

descobri a pouco tempo que meu marido usa cocaina ha muito tempo e eu me sentir muito mal ate mais do que ele, eu estou depressiva deixei meus amigos de lado passei a trabalhar mal, cada vez mais triste  ele ja disse que ia parar e ate agora nada eu sempre fico sabendo pelos outros que ta se drogando e decidir dar um basta e ele me prometeu que dessa vez seria definitivo iria deixar de uma vez. mais pra mim meu casamento ja acabou eu nao o amo mais e nao quero isso pra minha vida eu peco pelo amor de Deus nao provem porq isso nao leva vc a nada de bom e sim pro fundo do poco, nao pensem que as pessoas que usam com vc sao seus amigos seus amigos sao aqueles que te condenam e tentam fazer com que vc saia dessa. droga nao faz bem so vai te trazer desgracas. obg por terem lido meu desabafo esse é um desabafo de uma pessoa que acabou seu casamento por causa da cocaina. (RM)

No Avatar
visitante (não verificado) on qui, 09/08/2011 - 03:36

Vc nunca o amou realmente, pois quem ama ajuda invés de condenar!!! Vc acha que esse tipo de conduta o ajudará? Muito pelo contrário, suas críticas e condenações só o afundará cada vez mais no vício. A cocaína só foi um pretexto pra que vc fizesse algo que inconscientemente já desejava!!!

No Avatar
Visitante (não verificado) on dom, 10/17/2010 - 16:52

eu sou usuário a mais ou menos 5 anos e realmente penbsava que quando quisesse conseguiria parar e hoje sou completamente dependente. Não consigo sair de casa sem um tirinho, deixei de sair nos fds e fico sozinho em casa com meu vício. Sou bem sucedido profissionalmente mas isso tem ocasionado diversos problemas na minha carreira. Estou aguardando ferias prolongadas para que entre em uma clínica de recuperação. Preciso disso.

Valeu pelas informações.

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 11/07/2011 - 18:41
Olá! Sou estudante de Reabilitação de Dependentes Quimicos em porto Velho/Ro e gostaria de te conhecer e trocar correspondencias com vc. Meu e-mail é: anjasapeca_arym@hotmail.com Por favor mande-me o seu e-mail. Fiquei feliz em saber q vc pretende nas férias procurar tratamento e desde já desejo sucesso meu querido. Bjs... Altamira

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 11/01/2010 - 12:45

Narcoticos Anonimos ajudou eu parar com o uso abusivo de Drogras. Vá até uma reunião próximo de vc

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 11/17/2010 - 20:53

Fazendo pasta base, prestem bem atenção nos aditivos, sem contar q to refino eh uma mistureba de mais porcaria: http://www.youtube.com/watch?v=U_bZZt1zs60

Lembre-se que quando acabamos com um vicio, sentimos um grande prazer: a liberdade! Façam isso mais por quem te ama do que por você mesmo, fazendo por quem te ama ou você ama incentiva mais do que fazer pra si mesmo.E não escutem a quem fica te criticando e depremindo por seu vício, saia por prazer!

Sobre os aditivos para quem não sabe o que é ou não entende inglês...

-Diesel(esse eu nem imaginava que ía na mistura)

-Acetona ou Alcool

-Ácido Sulfurico(esse ácido é extremamente forte, é responsável em parte pela corrosão nos interiores da narina, muito usado em indústrias)

-Amônio (extremamente tóxico para o ser humano, serve para nosso pulmão absorver melhor as substâncias)

No Avatar
Visitante (não verificado) on ter, 11/30/2010 - 00:19

Bom, uso cocaina a 2 anos, no começo conseguia parar por meses, depois todo final de semana eu usava, agora ela me abraço, uso sempre que saio e bebo algo.

 

FODA :(

No Avatar
Nilton (não verificado) on dom, 02/27/2011 - 18:54

Cara me manda um email, gostaria de falar contigo!

 

sds

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 12/06/2010 - 11:30

Me viciei tambem achando que podia parar que era o ultimo....fui ao fundo do poço,fui preso,quase perdi minha esposa e filhos.....e elendo estes comentarios,junto com terapia e o santo remedio que chama seroquel e tira toda vontade da droga.

 

Tem jeito de parar sim:terapia ,seroquel,e ler estes depoimentos que sao sem excessao todos negativos........nunca vi nenhum comentario positivo em relaçao a droga

força gente

No Avatar
Visitante (não verificado) on sab, 12/18/2010 - 16:07

Queridos Amigos,

Imagino o qto deve ser terrível a situação há qual todos estão passando devido ao vicío das drogas, gostaria apenas deixar uma música, onde diz que não podemos deixar nossos sonhos, planos, família irem tudo por água abaixo... Querido CREIA o Senhor é contigo, qd vc estver sozinho converse com Deus Ele esta te ouvindo Ele é o seu pai deixe Deus te abraçar e cuidar de vc.

Ore muito, busquei a Deus cante louvores, digas coisas boas e lembre-se VOCÊ É O QUE VOCÊ PENSA, E NUNCA SE ESQUEÇA SUA FAMÍLIA TBM TE AMA E QUER APENAS O SEU BEM.

VOCÊ É O SONHO DE DEUS !!!

Os planos que foram embora
O sonho que se perdeu
O que era festa e agora? é luto do que já morreu.
não podes pensar que este é o teu fim
não é o que Deus planejou
levante-se do chão, erga um clamor

Restitui
Eu quero de volta o que é meu
Sara-me
e põe teu azeite em minha dor
Restitui
e leva-me as águas tranquilas
Lava-me e refrigera minh’alma
Restitui...

Restitui Senhor
ouça o nosso clamor

E o tempo que roubado foi
não poderá se comparar
a tudo aquilo que o Senhor
tem preparado ao que clamar
creia porque o poder de um clamor pode ressucitar...

Restitui
Eu quero de volta o que é meu
Sara-me
e põe teu azeite em minha dor
Restitui
e leva-me as águas tranquilas
Lava-me Senhor, e refrigera minh’alma (2x)
Restitui...
Restitui Senhor

http://www.youtube.com/watch?v=ML608ROLmmo&feature=player_embedded

Eu creio que Deus pode fazer tudo novo, creia querido Deus vai te fazer novo, em nome de Jesus Cristo! Amém !!!
Fabiana

No Avatar
Visitante (não verificado) on qui, 12/23/2010 - 17:48

Não existe a pessoa que se diz usuario de alguem tipo de droga que tenha a ciencia de dizer eu concigo parar porque eu sou forte,uma familha está sendo destruida por causa de uma pessoa freca e egoista por conta da cocaina.

A minha mensagem é a vc que é usuario de drogas e realmente quer deixar de usar peça a ajuda a seus pais ou familiares estes amigos que vc tem quando usa algo não são seus amigos o caminho para que vc se liberte disso depende primeiro de vc.

Não a credito em Deus e sim no homem  tenha fé em vc e lute por vc mesmo boa sorte a quem desidiu seguir pelo caminha certo

No Avatar
Visitante (não verificado) on qui, 01/27/2011 - 19:14

Olá numa busca por informaçoes sobre drogas achei esta pagina,

lí todos os comentarios que muito me ajudaram.

Sou casada á 12 anos e recentemente fui surpreendida em saber

que meu esposo tinha voltado as drogas de sua adolescencia.

Me senti sem chão,muito triste mesmo,ainda tô tentando entender

o que tá acontecendo.

Na minha familía nunca vimos um caso e drogas até então

era um assunto desconhecido,conhecido somente por

televisão,ou por algum conhecido que tinha um

usuario na familia.

Ando muito triste,sem saber o que devo fazer...

Difícil entender e conviver com isso.

Obrigado á todos pela atençao.

No Avatar
Visitante (não verificado) on qui, 05/24/2012 - 01:01

Olá Sra. , já pediu, te aconselho em preimeiro lugar

não por um ponto final no relacionamento, mesmo que seje preciso ir morar em outro lugar, se tiver filhos leveos, ou ele se mudar, um afastamento temporário é positivo, mas, não deixe ele ficar sem responsabilidade , e procure ajuda proficional, leia , pesquise, se intere totalmente do assunto, até que se esgote as tentativas de ajuda-lo, tenha fé 

No Avatar
visitante (não verificado) on qua, 05/11/2011 - 18:02

Ola tenho 24 anos, depois de alguns anos reencontrei meu primeiro namorado,começamos a namorar novamente,estava tudo bem ate o dia em que eu descobri q ele e usuário de ´drogas,para mim doeu muito ainda doi ver a realidade de hj, nõa quero abandona-lo quero ajuda-lo mais ñao tem sido facil,ele quer disse querer sair dessa mais quando penso q nao some derrepente, ele tem 26 anos tem nivel superior mais nao saiu do lugar devido a maldita droga. Gostaria de receber e-mails de ajudar d dicas d quem passa ou ja passou  por isso..

Obrigada desejo a todos vitoria

No Avatar
Nilcéa (não verificado) on qua, 06/01/2011 - 06:32

Em primeiro lugar o dependente precisa aceitar que está precisando de ajuda.

Depois deve-se buscar tratamento que poderá ser ambulatorial ou internação.

Um médico psiquiatra e o profissional que indica medicamento para controlar essa

fissura( vontade incontrolada do uso). Espero ter ajudado.

No Avatar
visitante (não verificado) on sex, 05/13/2011 - 16:28
Reamente e dificil largar ainda mais quando vc e socialmente timido estou a um mes sem usar e nao estou sentindo falta

No Avatar
visitante (não verificado) on sab, 05/14/2011 - 23:33

Oi gente, este é o meu primeiro contato com alguém q usa cocaina, estou namorando um rapaz q conheci em 2001, de uma boa familia, evangelica por sinal, ele tem o coracao lindo, trabalha , faz faculdade, porem tem uma grande dificuldade em resistir a usar droga, ele sabe do grande mal q isso causa, ele nao queria usar, mas ele me diz q qdo a vontade vem é mais forte do que ele, e parece q vai matar ele se nao usar...dai ele cai...

Gostaria de saber se tem algum medicamento que pode tirar esta vontade, quero ajudá-lo, pois sei q se o abandonar agora será pior para ele.....estou orando e pedindo para DEUS o tirar desta, moro em SP ele em SC....queria estar junto seria melhor para ajudar, por isso peço a ajuda de voces...

Um beijo e boa sorte para todos!!

Que DEUS livre quem amamos desta vida triste!!

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 04/09/2012 - 00:20
oq faz um usuario d drogas q foi entenado saber q as drogas tira o su senso d normalidade a usar drogas,oq c passa nas suas cabeças saber q vai perder mae mulher e filha e toda sua familia?meu marido er viciado em cocaina e o macimo q ele nos manipula e 3 dias devo largalo ajudalo ou ser feliz por eu nao uso drogas graças a deus mas estou morrrendo como ele e nao sei como explicar minha filha a aussencia d seu pai estou as base d calmante desenpregada pois tudo q fazia era em torno dele q acabei nem pe4nsando em meu serviço. ME AJUDEM POR FAVOR!!!!!

No Avatar
Visitante (não verificado) on seg, 04/23/2012 - 11:39
Sou do E.S tenho 26 anos Uso cocaina a dez anos eu nao vou para ate morre. Conselho nunca prove nenhuma droga. Mas se vc for usuario de cocaína não cheire mas sim fuma ou injeta ela é o melhor efeito!!!!!! A dez anos eu faço isso

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 04/25/2012 - 11:38
Só fica viciado quem é realmente estúpido, coca tem mais fama que outra coisa, a trip não é nada de mais, além de só durar uma hora ao final disso ficas com uma ansiedade enorme para voltar a fazê-lo, só lhe dão uso habitual quem nunca experimentou LSD, MD ou Ecstasy, que são muito melhores e têm muito menos efeitos negativos e são muito menos propensos a ficar viciados, principalmente LSD que é bastante improvável criar dependência. Conclusão não experimentem drogas pesadas e se o fizerem não lhe deem uso diário

No Avatar
Visitante (não verificado) on qua, 05/02/2012 - 10:25
Olá pessoal... gostaria de tirar uma dúvida e qualquer ajuda será muito apreciada!! Eu utilizei cocaína ocasionalmente, juntamente com outras drogas, como maconha... ecstasy... em uma época da vida. Nunca senti efeitos de dependência séria da cocaína, mas com o tempo comecei a sentir o "dia seguinte" cada vez pior e, como tenho problemas de ansiedade (não por conta da droga, sempre tive, desde criança), foi ficando insustentável pra mim, a angústia e ansiedade, o que me fez parar de usar simplesmente por me sentir muito mal quando terminava e no dia seguinte. Conheci a mulher com a qual estou vivendo atualmente e passei aproximadamente 4 anos sem usar (utilizo maconha apenas hoje em dia). Aí, na semana passada fui sair pra tomar uns chopps e acabei pegando com um amigo e usamos e saímos numa boa. No final fui sentindo aquela ansiedade... aquele mal estar mas beleza, voltei pra casa, tomei um Frontal pra capotar, se não fico acordado rolando na cama, horrível. A minha pergunta mesmo é a seguinte: desde este dia ando me sentindo mal, sentindo uma angústia no peito, ansiedade, como se fossem relacionadas com uma vontade de usar de novo, senti um cheiro de esmalte esses dias e fiquei me sentindo mal e tendo vários tipos de sensação ruim por lembrar do cheiro um pouco e estou achando estranho porque nem na época que usava com frequência sentia isso assim depois de já alguns dias. Será que tem a ver com o fato de ter passado muito tempo sem usar? Ou simplesmente por nesta fase atual da vida estar com mais stress e ansiedades (a vida tá mais complicada atualmente...)? Bom qualquer conselho ou comentário me ajudará bastante. Obrigado, sorte a todos e abraços.

No Avatar
Stu (não verificado) on dom, 02/10/2013 - 19:40
Velho...não tenho tanta base teórica...mas mas pela prática posso me achar no direito de opinar sobre....eu tb fiquei um tempo considerável sem usar...nem sentia falta...numa ocasião entrei numa pilha e dei uns 2 ou 3 pah, qd estava bebasso...eu senti algo semelhante ao que senti na primeira vez que usei, sacou?...essa vontade sua, eu acho que tá longe de ser pira de viciado...só fica de boa...usar BEM de vez em quando, moderadamente, a gente sabe que dá pra levar....não vai chutar o balde, loko. Abraço e boa sorte!!!

No Avatar
Thiago (não verificado) on sab, 11/10/2012 - 10:34

Olá a todos, tenho 21 anos e sou usuário de cocaínaa a quase  tres anos. É um tanto quanto difícil relatar minhas experiencias com as drogas, mas acredito que esse seja o primeiro passo para uma possível recuperação. A princípio é essencial questionar-se sobre o motivo que levou voce ao primeiro contato com a cocaína. No geral, as drogas são uma saída para questões emocionais maiscomplexos. No meu caso, passei por um período de problemas familiares e simultaneamente fiquei proximo de um amigo que era usuário. Não que ele tenha me oferecido, opostamente, fui eu quem pedi para experimentar. Nas tres ou quatro primeiras vezes em que se consome cocaína o efeito é algo sublime e fantástico, principalmente quando já se consumiu alcool em excesso e toda aquela sensação de embreagues desaparece quase que instantaneamente. Me arrisco a dizer que o efeito inicial da cocaína está entre os maiores prazeres que se pode vivenciar, porém com o tempo e com o gradual aumento quantitativo do consumo, as coisas começam a desandar. Chguei a cheirar 20 gramas de cocaína comum em um dia ou 3 ou 4 gramas de cocaína 80% pura, a chamda "escama de peixe".Tirei dinheiro de contas e cartões de crédito da minha mãe e cheguei a me endividar para alimentar esse vício. Hoje, infelizmente, ainda sou usuário e por ter condições financeiras muito boas o consumo se tornou algo incontrolável. Entre as consequencias da dependencia quimica como os prejuízos a saúde e os problemas financeiros, nada foi mais doloroso que prometer, não somente as pessoas proximas, mas também a mim mesmo que não mais usaria drogas e em questão de dias ser incapaz de resistir a quase dolorosa abstinencia. A cocaína é para alguns um brinquedo cheio de adrenalina e para outros uma fuga, mas sem dúvidas, para todos ela é um prazer do qual não se tem dimensão do custo e do perigo. Um grande abraço a todos.

 

No Avatar
stu (não verificado) on dom, 02/10/2013 - 04:28
Já fui usuário crônico...a ponto de usa-la injetando,,,isso detona a vida do cara,,,depois de uma "overdose", consegui ficar mais de um anos sem usar e sem sentir falta, hoje uso cerca de 2g por mês, até porque não tenho mais emprego nem saúde por culpa Dela É uma droga que proporciona prazeres extremos, mas cobra um preço altíssimo SEMPRE. Foda é ver o sofrimento da família, ver os amigos se afastando...enfim, tem gente que consegue e pode ($) levar essa vida por 10, 20 anos...certamente uma minoria absoluta. Pra ser sincero, eu aguentei somente 3 anos...sobrevivi, mas perdi absolutamente tudo...o trampo pra recomeçar tudo é tão sinistro, que as vezes da vontade de desistir. Rapaziada...quer entrar pra essa vida, guenta o tranco...com certeza não vai acabar bem!!!....valeu!!!

No Avatar
menina (não verificado) on qui, 07/25/2013 - 19:00
eu uso cocaína mas não sei se eu sou uma usuária(viciada) uso quase todo dia e so uso quando eu quero, quando não quero não uso ... sera que sou viciada ?

No Avatar
mateus (não verificado) on seg, 08/05/2013 - 13:34
sim vc é uma viciada . mesmo que use quando quer vc esta usando pq o seu corpo precisa da droga ou vai dizer que nao sente uma vontade louca de usar e sentir o prazer que a cocaina de da . procure ajuda .
 

"Uma concepção errada que prevalece tanto na profissão médica como no público leigo é que o tratamento da dependência química invariavelmente fracassa.  ...já é ponto pacífico que o melhor tratamento é uma combinação de terapias medicamentosas e psicossociais, aplicadas as duas em doses otimizadas" Veja + em: Abstinência e dependência quimica....

Interdição Judicial

Interdição Judicial

A interdição (total ou parcial) é um processo judicial onde uma pessoa é declarada incapaz. É nomeado um curador que irá agir em nome do curatelado, o curador também se responsabilizará por TODOS OS ATOS do curatelado.

Para garantir que o curatelado não seja prejudicado um juiz deveria reavaliar, em intervalos de 2 a 4 anos, a permanência das circunstâncias que levaram à interdição. Continuar lendo...

Última enquete:

Quando existe uso abusivo de alcool ou outras drogas, Além do dependente, outros membros da família devem ser tratados?

Alcool & Drogas - Comentarios

Um site CSS: Visite o site CSS do Maujor


eXTReMe Tracker

Araraquara Comercial


Cafeína, distúrbios do sono e o desequilíbrio hormonal.
Cafeina e disturbios do sono

Thomas Edison inventou a lâmpada para que as pessoas pudessem trabalhar à noite, Continue lendo.




Nossa vida é como um quebra-cabeça enorme
Erros e acertos na vida

Não há erros.

Cada experiência que vivenciamos, quer você interprete como boa ou ruim, é parte desse quebra-cabeça e, Continue lendo.

tratamento-internacao-dependencia